ASSINE

Pote de plástico pode contaminar alimentos no micro-ondas; saiba qual usar

Recipientes de plástico, quando aquecidos, podem liberar substâncias danosas tanto aos alimentos quanto ao organismo humano

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 21/07/2021 às 16h06
Recipientes de plástico, quando aquecidos, podem liberar substâncias danosas tanto aos alimentos quanto ao organismo humano
Recipientes de plástico, quando aquecidos, podem liberar substâncias danosas tanto aos alimentos quanto ao organismo humano. Crédito: Pixabay

Durante o dia a dia é muito comum que o micro-ondas seja utilizado para aquecer alimentos, dada a praticidade e rapidez do eletrodoméstico. É necessário, porém, tomar bastante cuidado com o que é colocado no equipamento: alguns recipientes, principalmente de plástico, podem contaminar alimentos e até ser prejudiciais à saúde do ser humano.

Doutor em Ciência dos Alimentos e professor do programa de pós-graduação em ciências farmacêuticas da Universidade de Vila Velha (UVV), Rodrigo Scherer explicou que é natural que embalagens "migrem" substâncias para os alimentos. Isso, segundo ele, é intensificado com a exposição à temperatura. Há substâncias específicas, porém, mais prejudiciais ao organismo e aos alimentos em si.

"Os efeitos são variados. Desde neurotoxicidade até mesmo problemas no sistema endócrino, como resistência à insulina, sistema reprodutor, têm substâncias também que podem causar câncer, como os ftalatos, que são as substâncias que migram de embalagens plásticas, até mesmo garrafas de água e de óleo", disse.

Rodrigo ressaltou que a solução mais prática é substituir sempre os recipientes de plástico pelos de vidro. O professor afirmou que esses são os melhores recipientes para serem levados ao forno micro-ondas, uma vez que possuem as menores taxas de liberação de alimentos. Alguns plásticos, porém, conforme dito por Rodrigo, são resistentes a altas temperaturas e podem ser utilizados.

"Esses plásticos têm alguns símbolos em suas embalagens e ali diz se pode utilizar no micro-ondas ou não. É importante respeitar a utilização do frasco porque, dependendo do material que ele foi feito, se ele não pode ir ao micro-ondas, ele não pode aquecer, porque facilmente solta esses resíduos para os alimentos. Se pode ir para o micro-ondas, já foi testado a quantidade que é migrado e está dentro do permitido, por exemplo, o polipropileno. É um plástico mais resistente que solta menos resíduo ao aquecimento", detalhou.

A nutricionista Roberta Larica reiterou que a utilização de plástico pode ser danosa ao organismo e aos alimentos. Ela ainda adicionou que o material também pode contaminar comidas não apenas ao ser utilizado no micro-ondas, mas também na geladeira. Ela acrescentou que, para o forno micro-ondas especificamente, a recomendação é que não seja utilizado nenhum tipo de recipiente de plástico.

"No mercado, a gente encontra os potes de plástico que são livres do BPA, que é o Bisfenol-A. Porém, não elimina o risco de contaminação por esses ftalatos, que são essas outras substâncias também presentes no plástico. Então, se for utilizar plástico, priorizar os alimentos frios e nunca aquecer plástico ou acondicionar alimento quente dentro de um recipiente de plástico", argumentou.

Para  nutricionista, o vidro e a porcelana — ou seja, esquentando diretamente no prato — são as maneiras menos danosas de se aquecer alimentos. Além disso, ela alerta para que o tempo de utilização do micro-ondas seja menor e para seja evitado, por exemplo, descongelar comidas utilizando o eletrodoméstico.

"O micro-ondas não deve ser utilizado para descongelar alimentos, para o cozimento de alimentos, sempre para poucos segundos ou minutos, apenas para aquecer um prato ou um alimento em quantidade pequena. Se a gente puder fazer isso, nossa saúde agradece", finalizou.

CUIDADOS QUE DEVEM SER TOMADOS

  1. A Gazeta - dn5qfj9
    01

    Priorizar potes de vidro ou porcelana

    Para utilizar o forno micro-ondas, o ideal é sempre priorizar recipientes de vidro ou de porcelana, que possuem menor teor de liberação de substâncias danosas. Os potes de plástico possuem moléculas como os ftalatos e o BPA que podem provocar danos ao ser humano.

  2. A Gazeta - lp3xmjih
    02

    Observar se o recipiente de plástico pode ir ao micro-ondas

    Alguns recipientes, mesmo plásticos, possuem menor teor de liberação de substâncias e, por isso, podem ser utilizados no micro-ondas. "Esses plásticos têm alguns símbolos em suas embalagens e ali diz se pode utilizar no micro-ondas ou não. É importante respeitar a utilização do frasco porque, dependendo do material que ele foi feito, ele não pode aquecer", explicou Rodrigo.

  3. A Gazeta - l74kv3fc
    03

    Evitar armazenar alimentos quentes em potes de plástico

    Mesmo sem serem levados ao micro-ondas, recipientes de plástico podem liberar substâncias danosas. "Então, se for utilizar plástico, priorizar os alimentos frios e nunca aquecer plástico ou acondicionar alimento quente dentro de um recipiente de plástico", disse Roberta Larica.

  4. A Gazeta - zz0pub
    04

    Utilizar o micro-ondas por pouco tempo

    "O micro-ondas não deve ser utilizado para descongelar alimentos, para o cozimento de alimentos, sempre para poucos segundos ou minutos, apenas para aquecer um prato ou um alimento em quantidade pequena. Se a gente puder fazer isso, nossa saúde agradece", alertou Roberta Larica.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Saúde Alimentação Roberta Larica Saúde Alimentos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.