ASSINE

Foco no olhar: procedimentos estéticos para a região dos olhos estão em alta

Com o uso constante de máscara, pouco do rosto fica à mostra. Por isso, tem muita gente investindo na micropigmentação e design das sobrancelhas, além da extensão de cílios para valorizar o rosto

Publicado em 29/06/2020 às 17h44
Atualizado em 30/06/2020 às 13h57
Mulher com máscara
Micropigmentação das sobrancelhas está entre os procedimentos mais procurados. Crédito: Divulgação

Em tempos de pandemia, a adoção do uso da máscara como acessório obrigatório acaba escondendo boa parte do rosto e das expressões. Nesse momento, mais do que nunca, os olhos “falam”. Por isso, os procedimentos estéticos na região acima da máscara se tornaram opções práticas para quem quer destacar o olhar e valorizar a parte aparente do rosto.

A micropigmentadora Vanessa Cabral explica que as clientes têm buscado corrigir as falhas e cicatrizes e também valorizar mais o contorno e incrementar o tamanho das sobrancelhas. “Com o uso de máscaras, o olhar ganhou destaque. E temos nos comunicado através dele. O procedimento é feito para dar um ar de naturalidade, com base no visagismo, que permite encontrar o desenho mais adequado para cada formato de rosto”, esclarece Vanessa.

Existem três principais técnicas: a “microblanding”, que proporciona fios extremamente finos; a “ombré lines”, com efeito degradê e a “shadow lines”, que cria um sombreado entre os fios, dando a impressão de sobrancelhas mais fartas. “Os métodos têm resultados e indicações próprias e devem ser avaliados dependendo da necessidade da cliente”, diz Vanessa.

De acordo com a especialista, há duas formas de se fazer o desenho: usando o tebori, uma espécie de bisturi, e o dermógrafo, que funciona como uma máquina como a de tatuagem. O tebori permite fios mais precisos e mais finos, muito próximos do realismo, pois é totalmente manual. Já o dermógrafo cria looks mais definidos. A combinação das duas técnicas dá um resultado mais autêntico.

A durabilidade é de um a dois anos, dependendo da região onde o procedimento foi realizado, por causa da renovação constante da pele, exposição solar, cosméticos utilizados, entre outros fatores. Alguns cuidados que devem ser tomados para aumentar a durabilidade  é o uso do filtro solar, não usar ácidos e laser nas regiões pigmentadas e não usar esfoliantes na área.

Dicas para cuidar das sobrancelhas em casa

Se não é acostumada a fazer suas próprias sobrancelhas, não arranque os pelos. Se está seguindo muito rigidamente o isolamento social e ainda não sente confiança de ir até a uma especialista, deixe os pelos crescerem para que no momento oportuno uma profissional faça suas sobrancelhas.

Porém, se não aguentar estude o desenho delas. Penteie, use um lápis para delimitar o contorno e tire apenas os pelos fora do desenho. Apenas limpe, não mude o desenho original.

Penteie as sobrancelhas todos os dias, pois ajuda na circulação local e aumenta a irrigação de sangue, deixando os fios mais fortes e saudáveis. Use apenas produtos exclusivos para a região, pois os que não são próprios podem causar alergias, provocando queda e falhas na região.

Quem já tem micropigmentação deve evitar esfoliar a área, pois acelera a renovação celular e a despigmentação, e manter a região hidratada com produtos próprios.

Cílios também fazem a diferença

Assim como as sobrancelhas, os cílios deixam o olhar mais bonito e marcante. A especialista em embelezamento do olhar do Hair & Spa Concept, Suellen Craveiro, explica que há maneiras de destacar o olhar com duas técnicas: o Lash Lifting e a Extensão de Cílios.

“O Lash Lifting uma técnica que curva e hidrata os cílios naturais, feito com os próprios cílios da cliente. É uma evolução do permanente de cílios, porque além de curvar os fios, também é possível hidratá-los repondo os nutrientes perdidos com a química usada no processo. Também é possível pintar os cílios para dar mais destaque ao olhar”, esclarece a especialista.

Já na extensão de cílios são acoplados fios sintéticos ao fio natural da cliente, com o objetivo de corrigir eventuais falhas, dar volume e também tem a possibilidade de curvá-los. “Os dois procedimentos realçam o olhar e também são práticos para a rotina de beleza da mulher, que economiza tempo se maquiando, já que, com eles, não é necessário o uso de máscara para cílios nem curvex”, revela Suellen.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.