ASSINE

7 opções de atividades online para aproveitar o recesso escolar em casa

A maioria das escolas está em férias nestas últimas semanas de julho. Por conta do isolamento social, coordenador pedagógico dá dicas de como aproveitar o momento com atividades divertidas e educativas sem sair de casa

Publicado em 24/07/2020 às 08h00
Atualizado em 24/07/2020 às 08h00
Crianças usam tablet
Vários museus estão disponibilizando experiências em 3D pra mexer com a imaginação da criançada. Crédito: Pixabay

Após cerca de 120 dias de estudos remotos por conta da pandemia, a maior parte das escolas da rede privada do Estado concederá a seus alunos e equipes pedagógicas duas semanas de recesso escolar. O que em outros momentos seria aproveitado com viagens, passeios na casa dos avós e idas ao parque, neste ano, por ainda existir a orientação de isolamento social, será desfrutado com mais restrições. Contudo, com criatividade, é possível encontrar opções divertidas de entretenimento.

É o que garante Alexandre Zanotelli, um dos coordenadores pedagógicos do Centro Educacional Leonardo Da Vinci. De acordo com ele, apesar de ser um momento de descanso de extrema importância, também é um tempo de se manter ativo e desenvolvendo habilidades.

“Os alunos passaram por grandes desafios neste primeiro semestre. Precisaram se adaptar rapidamente a uma realidade inesperada e se viram restritos em muitas coisas que gostavam de fazer. Por isso, mais do que nunca, o recesso deve priorizar a reposição de energias e o relaxamento mental. Diante dessa perspectiva, acreditamos que as atividades não devem ser obrigatórias ou exigirem demais das crianças, mas propiciarem momentos prazerosos”, orienta Alexandre.

O coordenador orienta que sejam observadas as idades e aptidões das crianças para a escolha das brincadeiras. “Crianças em torno de 7 anos, adaptam-se bem a jogos como Damas, Senha, Resta 1, Uno, Supertrunfo e Cara-a-cara. Já os de 8 anos, podem ser desafiados com Xadrez e A Hora do Rush, enquanto os de 9 já dão conta do Ludo, e os de 10, da Trilha”, opina.

Outra opção para os pequenos que se divertem com a leitura são livros clássicos como “Cinderela”, “Patinho feio” e “Gato de botas” para a turminha de 7 anos; “A Semente da verdade” e “O casamento da ararinha azul”, para os de 8 anos; “Lendas do Brasil” e “Era mais uma vez outra vez”, para os de 9 anos; e “Minhas memórias de Lobato” e “Malala, a menina que queria ir para a escola”, para os de 10 anos.

7 plataformas para grandes viagens dentro de casa

O coordenador ainda indica alguns sites educativos que proporcionam grandes viagens dentro de casa. Alguns deles são:

7 a 8 anos

Museu Natural de História - o acervo online do museu permite verdadeiras viagens no tempo. 
Observação: plataforma em Inglês

9 anos

NASA - atividades e descobertas sobre o Espaço.
Observação: plataforma em Inglês

Museu Met oferece vídeos das experiências em 360°, pra causar no espectador a sensação de realmente estar no local.

O tradicional Louvre também conta com exibições online de seu requisitado acervo.

A partir de 10 anos

O Museu de Belas Artes de Boston (Museum of Fine Arts) tem exibições de diferentes expressões de arte em formato de vídeos e fotos de tirar o fôlego.

O acervo permanente da Pinatoteca de São Paulo também pode mexer com a imaginação da criançada com exposições inteiras em 3D.

Le Gallerie Degli Uffizi conta com várias artes que promovem uma real viagem histórica 

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.