ASSINE

Isaquias leva ouro na canoagem e conquista sua quarta medalha olímpica

Com a conquista, ele se iguala ao número alcançado por Gustavo Borges (natação) e Serginho (vôlei) no ranking histórico de medalhistas brasileiros

Publicado em 07/08/2021 às 00h15
Olimpíadas
Após bater na trave nos Jogos do Rio, Isaquias Queiroz conquistou o ouro na canoagem em Tóquio. Crédito: Miriam Jeske/COB

Isaquias Queiroz não poderia sair das Olimpíadas de Tóquio-2020 com o "pescoço pelado", como costuma dizer. Perseguidor declarado de marcas e recordes, o único atleta brasileiro a conquistar três medalhas numa mesma edição dos Jogos, em 2016, chegou à quarta de sua carreira na noite desta sexta-feira (6, horário de Brasília), já sábado (7) no Japão, com o ouro na prova C1 1.000 metros da canoagem velocidade.

Com a conquista, ele se iguala ao número alcançado por Gustavo Borges (natação) e Serginho (vôlei) no ranking histórico de medalhistas brasileiros e fica atrás apenas dos velejadores Robert Scheidt e Torben Grael, com cinco.

O feito no Japão encerra um ciclo em que o atleta de 27 anos ampliou seu currículo de conquistas, viveu como protagonista do esporte olímpico brasileiro após o feito no Rio de Janeiro e também precisou lidar com a perda do seu grande mentor na carreira.

O técnico espanhol Jesús Morlán, que chegou ao Brasil em 2013 e guiou os três pódios da canoagem velocidade do país há cinco anos, morreu em novembro de 2018, aos 52, vítima de um câncer no cérebro.

Isaquias Queiroz se emociona no pódio ao receber medalha de ouro

Isaquias Queiroz levou o ouro na canoagem de velocidade em Tóquio
Isaquias Queiroz levou o ouro na canoagem de velocidade em Tóquio. Miriam Jeske/COB
Isaquias Queiroz levou o ouro na canoagem de velocidade em Tóquio
Isaquias Queiroz levou o ouro na canoagem de velocidade em Tóquio. Miriam Jeske/COB
Isaquias Queiroz levou o ouro na canoagem de velocidade em Tóquio
Isaquias Queiroz levou o ouro na canoagem de velocidade em Tóquio. Miriam Jeske/COB
Isaquias Queiroz levou o ouro na canoagem de velocidade em Tóquio
Isaquias Queiroz levou o ouro na canoagem de velocidade em Tóquio. Miriam Jeske/COB
Olimpíadas
Isaquias Queiroz, ouro na canoagem de velocidade na prova do C1 1000m nas Olimpíadas de Tóquio . Maxim Shemetov/Reuters
Olimpíadas
Isaquias Queiroz foi ouro na prova do C1 1000m da Canoagem de Velocidade de Tóquio-2020. Maxim Shemetov/Reuters
Olimpíadas
Após bater na trave nos Jogos do Rio, Isaquias Queiroz conquistou o ouro na canoagem em Tóquio. Miriam Jeske/COB
Após bater na trave nos Jogos do Rio, Isaquias Queiroz conquistou o ouro na canoagem em Tóquio
Após bater na trave nos Jogos do Rio, Isaquias Queiroz conquistou o ouro na canoagem em Tóquio
Após bater na trave nos Jogos do Rio, Isaquias Queiroz conquistou o ouro na canoagem em Tóquio
Após bater na trave nos Jogos do Rio, Isaquias Queiroz conquistou o ouro na canoagem em Tóquio
Após bater na trave nos Jogos do Rio, Isaquias Queiroz conquistou o ouro na canoagem em Tóquio
Após bater na trave nos Jogos do Rio, Isaquias Queiroz conquistou o ouro na canoagem em Tóquio
Após bater na trave nos Jogos do Rio, Isaquias Queiroz conquistou o ouro na canoagem em Tóquio

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.