ASSINE

Premiê da Espanha propõe prorrogar quarentena no país até 21 de junho

A votação acontecerá na quarta-feira. Segundo o governo espanhol, 96 novos casos da covid-19 foram identificados nas últimas 24 horas

Publicado em 31/05/2020 às 18h42
Pedro Sánchez é o primeiro-ministro da Espanha
Pedro Sánchez é o primeiro-ministro da Espanha. Crédito: Reprodução/Twitter/@sanchezcastejon

O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, anunciou hoje, 31, que vai pedir ao Congresso uma prorrogação mais 15 dias da quarentena para conter a disseminação da covid-19 no país ibérico. A votação acontecerá na quarta-feira e, se aprovada, a medida valerá até o dia 21 de junho. A data, segundo Sánchez, deverá marcar o fim definitivo do isolamento social na Espanha, que há semanas vive um regime de flexibilização.

Segundo o governo espanhol, 96 novos casos da covid-19 foram identificados nas últimas 24 horas, o menor número dos últimos três meses nesta base de comparação. No total, 239 mil infecções pelo novo coronavírus já foram identificadas e mais de 27 mil pessoas morreram de covid-19 no país. Entre os casos registrados nos últimos dias está o príncipe belga Joachim, que no dia 28, sem saber que portava o vírus, foi a uma festa ilegal em Córdoba, com 27 participantes.

A França também registrou números baixos. Segundo o governo, foram mais 31 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, a menor taxa desde 17 de março. As novas contaminações foram 257 No total, o governo francês conta 151.757 contaminados e 28.802 vítimas fatais da doença.

A Alemanha confirmou mais 11 mortes pela covid-19, além de um acréscimo de 286 novas contaminações pelo coronavírus. No total, o país registra 8.500 óbitos e 181.482 contaminações. Os dados são do Instituto Robert Koch.

Na Itália, a Defesa Civil informou hoje que 75 pessoas morreram nas últimas 24 horas por causa da covid-19. No mesmo período, outros 355 diagnósticos de covid-19 foram confirmados no país, que chegou a 33.415 mortos e 233.019 contaminados.

O governo do Reino Unido informou neste domingo que mais 113 mortes aconteceram no país em decorrência da covid-19, o que elevou o total de óbitos para 38.489. Os novos casos de covid-19 foram 1.936, e agora o total de contaminações chegou a 274.762.

Coronavírus Covid-19 Espanha Mundo Pandemia Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.