ASSINE

OMS diz que alguns países não agem para evitar contágio do coronavírus

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu aos governos para aumentarem o número de funcionários de seus sistemas públicos de saúde, por conta da epidemia

Publicado em 11/03/2020 às 15h12
Atualizado em 28/08/2020 às 14h40
Oito casos de coronavírus estão confirmados no Brasil. Crédito: Divulgação
Oito casos de coronavírus estão confirmados no Brasil. Crédito: Divulgação

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta quarta-feira (11) que alguns países "não estão fazendo nada" para afastar o contágio em massa do coronavírus, mas ressaltou que, como entidade, não interfere no modo de agir de cada nação

Ainda assim, a OMS pediu aos governos para aumentarem o número de funcionários de seus sistemas públicos de saúde, por conta da epidemia. "A taxa de mortalidade do coronavírus se mostra muito maior do que de um influenza comum", ressaltou o diretor-geral da instituição, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em coletiva de imprensa no início desta tarde. "O que custa mais, o isolamento ou mortes e falência do sistema de saúde?", questionou.

A OMS ainda ressaltou que práticas de contenção da doença resultaram em redução de casos na China e na Coreia do Sul.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.