ASSINE

Farmacêuticas anunciam resultados positivos de vacina experimental

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram resultados positivos nos estudos alemães da profilaxia

Publicado em 20/07/2020 às 11h26
Atualizado em 20/07/2020 às 11h26
Data: 12/03/2020 - Médico com placa do coronavírus alerta para a doença. Freepik
A pesquisa não registrou efeitos colaterais graves em indivíduos que receberam a vacina. Crédito: Freepik

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech, que estudam uma vacina contra a Covid-19, anunciaram nesta segunda-feira (20) resultados positivos nos estudos alemães da profilaxia. De acordo com as farmacêuticas, foram verificadas respostas imunes "fortes" e em velocidade anterior ao prazo estimado das chamadas células T, consideradas fundamentais para protegerem um organismo do novo coronavírus.

A pesquisa não registrou efeitos colaterais graves em indivíduos que receberam a vacina. As reações, de acordo com o comunicado, foram dependentes da dose, transitórias e de intensidade entre leve e moderada. Os eventos adversos mais agudos foram sintomas de gripe e reações no local da injeção. "Situações que foram resolvidas espontaneamente ou poderiam ser gerenciadas por medidas simples", diz a nota. Os avanços ainda precisam ser avaliados por pares para posterior publicação em revista científica.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.