ASSINE

BioNTech vai receber financiamento alemão para financiar vacina

O financiamento dependerá do cumprimento de oito etapas de desenvolvimento, cinco das quais o projeto da BioNTech já efetivou

Publicado em 15/09/2020 às 10h57
Acordo do governo brasileiro com a AstraZeneca garante acesso a 100 milhões de doses do insumo da vacina
BioNTech vai receber até 375 milhões de euros do governo alemão para financiar a possível vacina contra a Covid-19. Crédito: Miguel Noronha/Futura Press/Folhapress

A BioNTech anunciou nesta terça-feira (15), que vai receber até 375 milhões de euros do governo alemão para financiar a possível vacina contra a Covid-19 que está desenvolvendo numa parceria com a americana Pfizer e a chinesa Fosun Pharma. Em reação à notícia, o ADR da BioNTech subia 3,7% nos negócios do pré-mercado em Nova York por volta das 8h20 (de Brasília).

O financiamento dependerá do cumprimento de oito etapas de desenvolvimento, cinco das quais o projeto da BioNTech já efetivou, segundo comunicado da empresa alemã de biotecnologia. A BioNTech irá usar os recursos para cobrir despesas de desenvolvimento. Já a Pfizer continuará financiando sua parcela dos gastos de forma independente.

Mais de 28 mil voluntários participam da fase 3 de testes clínicos da vacina, uma de várias possíveis imunizações contra o novo coronavírus que atingiram esse estágio de desenvolvimento no mundo.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.