ASSINE

Argentina recebe 3,5 milhões de vacinas doadas pelos EUA

As vacinas da farmacêutica Moderna chegaram em dois voos quase simultâneos nesta que é até agora a maior doação de vacinas na região

Publicado em 17/07/2021 às 17h46
Governo federal negocia compra da vacina da Moderna
Vacina da Moderna contra a Covid. Crédito: Anna Nolte/ U.S Air Force

Um total de 3,5 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 chegou à Argentina na madrugada deste sábado vindo dos Estados Unidos. As vacinas da farmacêutica Moderna chegaram em dois voos quase simultâneos nesta que é até hoje a maior doação de vacinas na região, informaram as autoridades argentinas.

"É a doação mais importante que já foi feita na região", disse o chefe do gabinete argentino Santiago Cafiero. Ele afirmou que, com a doação, foi possível atingir "36,5 milhões de vacinas no território argentino". O país sul-americano registra mais de 4,7 milhões de infectados e mais de 101 mil mortos em virtude da covid-19, de acordo com os últimos números oficiais.

A Argentina vacinou 21,6 milhões de pessoas com a primeira dose e quase 5,3 milhões de pessoas com duas doses, em uma população de 45 milhões de habitantes.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Estados Unidos Estados Unidos Coronavírus Covid-19 argentina argentina Vacina Mundo Pandemia Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.