ASSINE

Motor a diesel é vantagem para motoristas que pegam estrada

Mais moderno, combustível pode ser alternativa a álcool e gasolina, principalmente para quem é adepto de esportividade

Publicado em 26/10/2020 às 12h49
Versão 2.0 diesel da Fiat Toro 2021 custa a partir de preço é de R$ 141.990
Versão 2.0 diesel da Fiat Toro 2021 custa a partir de preço é de R$ 141.990. Crédito: Fiat/divulgação

O diesel geralmente é associado a veículos grandes. Mas o combustível também está presente na garagem de muitos brasileiros. Isso porque as picapes e SUVs são outros tipos de automóveis autorizados a terem motor a diesel e estão sendo a principal escolha de muitos motoristas.

O funcionário público Fernando Bruschi é dono de um Jeep Compass movido a diesel e aprova esse diferencial. Segundo ele, a economia proporcionada é um dos fatores que fez com que se tornasse fã dos carros a diesel. “Acredito que esses veículos ofereçam um combo de vantagens. O combustível é mais barato e, além disso, é consumido de forma mais lenta, diminuindo as idas ao posto para abastecimento. Também tem mais torque e potência, o que faz diferença na hora de pegar a estrada, ou encarar um terreno com mais lama”, destaca.

A picape Chevrolet S10 é para quem costuma pilotar por terrenos difíceis, como as regiões rurais. De acordo com informações da GM, o modelo 2021 apresenta economia de combustível de 3% a 10%. Isso significa que o custo por quilômetro rodado com diesel foi melhorado nos modelos de entrada. Agora, o veículo consome algo muito próximo ao de um compacto 1.0 flex. Além disso, a manutenção é facilitada, visto que a durabilidade das peças é maior.

Francisco Braga, gestor de vendas da Vitória Motors Jeep, afirma que um dos fatores que estão fazendo os motoristas olharem mais para os carros a diesel é a esportividade. “Os motores a diesel trabalham com uma taxa de compressão mais alta, o que permite acelerações mais fortes e uma tocada mais esportiva, ao mesmo tempo que consomem menos.”

Menos poluição

Por muito tempo, o diesel foi sinônimo de poluição. “Esses veículos ganharam fama de ser muito poluentes, mas, hoje em dia, ela é injusta”, diz Francisco Braga.

Anderson Coelho, instrutor de manutenção automotiva do Serviço Nacional da Indústria (Senai-ES), explica que os carros a diesel ainda emitem mais gases que os motores flex, mas a diferença é mínima, graças às mudanças que ocorreram há quase 10 anos. “A partir de 2012, os veículos a diesel passaram a ter um limite de emissão de gases. Então, atualizações foram feitas tanto nos carros quanto no combustível. Os veículos atuais poluem bem menos e todos são adaptados para receber o diesel S10”, pontua o especialista.

Compass movido a diesel proporciona economia de combustível
Compass movido a diesel proporciona economia de combustível. Crédito: Jeep/Divulgação

Durabilidade

O que não mudou nos carros a diesel foi a durabilidade dos motores. “Hoje, um motor a combustão bem cuidado chega a 250 mil km e o diesel passa dos 400 mil km facilmente, se for bem cuidado”, afirma Anderson.

Perfil

O instrutor do Senai-ES traça o perfil do dono ideal do carro a diesel. “É um veículo que rende mais na estrada, então quem dirige muito, mais do que 2,5 mil km por mês, terá vantagens. É mais econômico fora da cidade.”

Também é interessante para quem costuma revender o veículo. Anderson revela que a desvalorização deles é baixa por conta da boa durabilidade das peças.

Modelo 2021 da S10 economiza de 3 a 10%
Modelo 2021 da S10 economiza de 3 a 10% . Crédito: GM/Divulgação

Entretanto, quem quiser comprar na concessionária vai ser preciso desembolsar um pouco mais.“O veículo a diesel pode ser cerca de 30% mais caro que um carro flex. Como o valor de venda é maior, os impostos também são mais caros. A manutenção também é mais onerosa, porém é preciso poucos reparos já que o veículo quebra menos.”

O peso no bolso na aquisição pode ser visto com o exemplo da picape Fiat Toro 2021. A versão Endurance 1.8 flex é vendida a partir de R$ 100.990. Na versão 2.0 diesel, o preço é de R$ 141.990, totalizando R$ 41 mil a mais.

automoveis Combustível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.