ASSINE

Automação e tecnologia são tendência em novos apartamentos no ES

De janelas com sensor de chuva até aplicativo próprio para o condomínio, as construtoras e incorporadoras do ES tem investido cada vez mais em tecnologia para conforto e segurança dos moradores

Tempo de leitura: 4min
Rede Gazeta
Publicado em 06/07/2022 às 18h02
Tecnologia e automação residencial tem sido uma das demandas das construtoras e incorporadoras capixabas
Tecnologia e automação residencial tem sido uma das demandas das construtoras e incorporadoras capixabas. Crédito: Freepik

Dizer que o futuro chegou não é exagero. Afinal, a atual tendência dos empreendimentos capixabas é investir em tecnologia. Se antes a automatização ficava a cargo dos moradores, hoje as construtoras e incorporadoras já estão entregando unidades com diferentes itens e serviços de assistentes de voz, central de aspiração e até aplicativos próprios para os condomínios.

Um exemplo é o The View, empreendimento assinado pelas construtoras Nazca e Abaurre, que fica localizado na Mata da Praia, em Vitória. De frente para o mar da Praia de Camburi, o edifício oferece facilidades em inovação como abertura automática das cortinas, elevador com painel touch e teclado em braile para deficientes visuais, recirculação de água quente em banheiros e sensor de chuva nas portas da sala.

“Vamos supor que você saiu de casa e deixou tudo aberto, o sensor vai detectar a mudança de tempo e fechar sozinho a janela. Nos banheiros, uma luz verde vai indicar que a água já está quente para o banho, o que evita o gasto de gás, luz e até tempo. Além disso, também entregamos um porteiro eletrônico com câmera”, destaca o CEO da Nazca Advisors, Breno Peixoto.

Localizado na Mata da Praia, em Vitória, o The View, conta com abertura e fechamento das cortinas e portas, ponto central de iluminação dos quartos, cozinha e sala.
Localizado na Mata da Praia, em Vitória, o The View conta com abertura e fechamento das cortinas e portas, além de ponto central de iluminação dos quartos, cozinha e sala. . Crédito: Nazca Construtora/Divulgação

Outro empreendimento da construtora que tem tecnologia no DNA é o Singular for Life, na Praia do Canto, também na Capital do Estado. Lançado nesta quarta-feira (06) para a imprensa, o empreendimento de categoria World-Class, ou seja, é classificado como alto padrão em qualquer lugar do mundo, conta com design contemporâneo e foi inspirado em resorts internacionais.

Dentre os diferenciais está um pulmão de segurança, termo utilizado para nomear conjunto de portões de acesso dos pedestres que preza pela segurança dos moradores, funcionários e visitantes do empreendimento. Além de automação e gourmet na varanda, fechadura eletrônica na entrada social do apartamento, elevadores de última geração com controle de acesso, painel touch e dispositivos de acessibilidade com teclado em braile e indicadores de andares por áudio.

O Singular for Life, das construtoras Nazca e Abaurre, está localizado na Praia do Canto, em Vitória.
O Singular for Life, das construtoras Nazca e Abaurre, está localizado na Praia do Canto, em Vitória. . Crédito: Nazca Construtora/Divulgação

O Alice Palombini Techno Home, da Proeng, também segue essa tendência do mercado. Localizado em Jardim Camburi, também em Vitória, o empreendimento é equipado com fechadura biométrica, automação residencial com comando de voz, armário digital inteligente na portaria e cada morador pode acessar outras funções, presentes nas áreas comuns, por meio de um aplicativo do próprio edifício.

“O app vai reunir as funcionalidades presentes no empreendimento como o acesso à portaria virtual, circuito interno de TV e liberação das bikes e patinetes elétricos, que serão compartilhados. Além disso, vai concentrar outros aplicativos mais utilizados em nosso dia a dia, como é o caso de aplicativos de delivery, aluguel de veículos, serviço de transporte, de música, de mapa e outros”, destaca o diretor da empresa Antônio Gonçalves.

Perspectivas do empreendimento Alice Palombini Tecno Home
Perspectivas do empreendimento Alice Palombini Tecno Home. Crédito: Proeng/Divulgação

Quando o assunto é arquitetura inteligente, as inovações tecnológicas são fortes aliadas na construção do Taj Home Resort, localizado no Jockey de Itaparica, em Vila Velha. De acordo com o diretor comercial da Grand Construtora, responsável pelo projeto, Gustavo Resende, o objetivo é proporcionar mais do que apenas conforto, mas também redução nos custos para os condôminos.

“A refrigeração dos ambientes não será mais split, tão pouco ar-condicionado de janela. Vamos adotar o sistema VRF (Volume de Refrigerante Variável), uma tecnologia que conta com eficiência energética, que tem maior vida útil do equipamento, demanda menos mão de obra para reparos, e é um equipamento muito mais moderno do que os modelos convencionais”, explica o diretor.

O Taj Home Resort vai receber total infraestrutura para automação residencial
O Taj Home Resort vai receber total infraestrutura para automação residencial. Crédito: Grand Construtora/Divulgação

TENDÊNCIA DO MERCADO

Segundo a vice-presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Estado do Espírito Santo (Ademi-ES), Rachel Menezes, essa tendência de investimentos em tecnologia é um movimento crescente em diversas áreas. No mercado imobiliário não seria diferente, pois pensar nessas inovações também é atualizar serviços de segurança e garantir conforto aos moradores.

É claro que é um processo de adaptação, já que, como Rachel Menezes destaca, existe uma diferença na aceitação entre os públicos de um mesmo empreendimento. Entretanto, todos esses itens seguirão sendo ajustados porque, de acordo com ela, as construtoras e incorporadoras estão de olho nessas demandas.

“Os sistemas de monitoramento de câmera à distância já eram serviços tecnológicos alguns anos atrás. Desde então, avançamos muito com reconhecimento facial, automatização de serviços e na preparação das edificações para receber essas tecnologias. Quando vamos construir, não fazemos para uma faixa específica. Sempre existe um público diverso, mas é tudo sobre aceitação e adaptação”, reforça Rachel Menezes.

Para quem está de olho nessas inovações e está pensando em investir em imóveis modernos e tecnológicos, separamos uma lista de alguns empreendimentos no Estado que priorizam esse novo conceito. Confira:

OITO EMPREENDIMENTOS QUE ESTÃO INVESTINDO EM TECNOLOGIA

  1. A Gazeta - fjwnluc
    01

    The View

    Localizado na Mata da Praia, em Vitória, o The View, das construtoras Nazca e Abaurre, conta com abertura e fechamento das cortinas e portas, ponto central de iluminação dos quartos, cozinha e sala. Além de serem entregues com sensor de chuva nas portas da sala, central de aspiração, elevador acessível com painel touch e teclado em braile para deficientes visuais, recirculação de água quente nos banheiros e, ainda, garagem com pontos de recarga para carros elétricos. Apenas uma unidade disponível a partir de R$ 4,4 milhões. 

  2. A Gazeta - kw91up5
    02

    Singular for Life

    O Singular for Life, das construtoras Nazca e Abaurre, está localizado na Praia do Canto, em Vitória. O empreendimento conta com infraestrutura para carregamento de veículos elétricos, sala para motoristas, Wi-Fi nas áreas comuns, captação e uso de águas pluviais e dos ares-condicionados, infraestrutura para ar-condicionado VRF, automação e gourmet na varanda, fechadura eletrônica na entrada social do apartamento, interfone com monitoramento por vídeo, suíte master com duas cubas e sistema de pré-aquecimento de água nos banheiros.

  3. A Gazeta - wmn93nhqp
    03

    Alice Palombini Techno Home

    Localizado em Jardim Camburi, em Vitória, o Alice Palombini Techno Home, da Proeng Construtora, será equipado com fechadura biométrica, automação residencial com comando de voz, armário digital inteligente na portaria e cada morador poderá acessar outras funções, presentes nas áreas comuns, por meio de um aplicativo do próprio edifício. As unidades de 2 e 3 quartos com suíte, apartamentos com área externa e a cobertura já estão disponíveis para comercialização com valores a partir de R$ 630 mil.

  4. A Gazeta - g0qngg5ny8j
    04

    Ilha de Vancouver

    Localizado na Praia de Itaparica, em Vila Velha, o Ilha de Vancouver, da Kemp Engenharia, oferece unidades preparadas para serviços de automação. Alguns dos itens opcionais aos clientes são as cortinas automatizadas, assistentes de voz e controle por celular do som, ar-condicionado e televisão. As tecnologias estão disponíveis para unidades com terraço. As unidades estão a partir de R$ 494.900.

  5. A Gazeta - 66ht41g
    05

    Taj Home Resort

    O Taj Home Resort, da Grand Construtora, vai receber total infraestrutura para automação residencial, através de acionamento de aparelhos eletrônicos de áudio, vídeo, ar-condicionado, luz, entre outros dispositivos de qualquer local que o morador estiver. Os ambientes sociais da área comum terão internet wi-fi do condomínio. Unidades a partir de R$ 2.361.387.

  6. A Gazeta - nf1itiht5dd
    06

    Residencial Argo Camburi

    Localizado em Jardim Camburi, em Vitória, as unidades serão entregues com preparação para sistema de automação, fechadura eletrônica na porta de entrada e área de lazer, lazer e apartamentos (sala e quartos) com ponto USB, preparação para split nos quartos e sala, e o inovador “Desafie-se”, caracterizado pelo aproveitamento das escadas dos prédios para incentivo à prática de exercícios físicos. Unidades a partir de R$580.320.

  7. A Gazeta - d33j6vujmqf
    07

    Edifício Catamarã

    Localizado na Praia da Costa, em Vila Velha, as unidades do empreendimento da Argo Construtora serão entregues com preparação para sistema de automação, fechadura eletrônica na porta de entrada e área de lazer, apartamentos (sala e quartos) com ponto USB, preparação para split nos quartos e sala, além de lazer climatizado e preparação para sistema Wi-Fi. As unidades estão a partir de R$678.570. 

  8. A Gazeta - tfeid9
    08

    Mudrah Eco Living

    Com realização da Montana INC e Incorporação da LCIn Empreendimentos, o empreendimento de alto padrão está localizado em Domingos Martins. Com um modelo de moradia híbrida, as unidades utilizam placas fotovoltaicas para produção de energia elétrica por meio de captação solar, sensores de presença nos banheiros sociais e locais de circulação, sensores de iluminação com fotocélula para iluminação geral do empreendimento e automação e controles de acessos, tanto nas áreas comuns como nas unidades. Os valores começam em R$ 679 mil. 

  9. A Gazeta - qthblvzqr
    09

    Landscape

    Com endereço na Enseada do Suá, em Vitória, o Landscape, da MZI Incorporadora, reúne infraestrutura de sistemas de monitoramento por câmeras, controle de acesso digital na portaria, paisagismo com irrigação automatizada, infraestrutura para carros elétricos, lâmpadas de leds e sensor de presença nas áreas comuns, tomadas de USB nos apartamentos e infraestrutura para automação das persianas. Os valores estão a partir de R$ 2.015.000, tendo a unidade 502 como referência.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
imóveis Mercado imobiliário Imóveis Automação Residencial

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.