ASSINE
Paulo André retorna aos treinos.
Paulo André retorna aos treinos.
Paulo André

"Sou uma voz mais ativa no esporte e posso sim servir como um incentivo"

No retorno aos treinos, o velocista de 23 anos especialista nos 100m e segundo colocado do BBB 2022 quer usar a própria imagem para alavancar o esporte no ES e no Brasil

Paulo André retorna aos treinos.
Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 27/05/2022 às 13h38

Foi na pista de atletismo que Paulo André Camilo despontou para o mundo e é para ela onde ele pretende voltar. Nesta quinta-feira (26), o velocista de 23 anos deu os primeiros passos para recomeçar nas provas de velocidade após o hiato no período em que esteve na casa do Big Brother Brasil 2022, na qual acabou na segunda colocação do reality show.

Antes de calçar as sapatilhas e "desenferrujar" o corpo, PA conversou com a reportagem de A Gazeta na raia da pista da Universidade Federal do Espírito Santo, em Vitória. Nos holofotes devido ao sucesso estrondoso no BBB, o corredor garante que o esporte não ficará em segundo plano na carreira, mas pretende conciliar treinos e competições com os trabalhos como modelo e outras oportunidades.

Além disso, Paulo André quer usar a visibilidade que o programa lhe rendeu para alavancar o atletismo no Brasil e fora dele. Abaixo você confere a entrevista completa com o esportista do ES.

Paulo André Camilo

Paulo André Camilo

Velocista e vice-campeão do BBB 2022

"Hoje sou uma voz mais ativa dentro do esporte e posso incentivar mais. Posso ser um exemplo mais claro de que o esporte precisa de incentivo, pois é transformador e muda vidas. E falando de alto rendimento, a gente precisa de incentivo mesmo para ser uma potência não apenas no Brasil, como no mundo. Não que a gente não seja, mas é necessário um incentivo maior. Essa é uma das minhas missões também, ser algo positivo ao esporte, trazer essa positividade para a gente poder alavancar"

De volta à casa. Lugar de atleta é aqui no local de competição, é aqui que você se ente de fato em casa?

Aqui é o meu mundo, foi onde aprendi muita coisa, onde amadureci como pessoa mesmo e me ensinou a ser melhor a cada dia. É aqui (na pista de atletismo) que realmente me sinto em casa apesar disso tudo que está acontecendo em minha vida. É tudo muito novo, estou gostando da experiência, mas aqui que eu me sinto muito bem. Não que nos outros não me sinta bem, mas aqui foi onde tudo começou.

O que mudou, o que você sente de diferente em relação à fama?

É tudo que o programa me proporcionou, né. Eu já sabia disso, lógico que não nesta proporção e dimensão, mas tinha sim uma expectativa de ser conhecido, de dar esse 'boom' todo que a gente fala. Estou muito feliz e curtindo muito essas novas experiências, novos ares que estou desbravando digamos assim. E esse é o meu objetivo, ir sendo melhor a cada dia.

Você tem recebido muito carinho, as pessoas gostaram muito do PA. Isso te incentiva a voltar ao esporte por saber que tem tanta gente torcendo ti?

Com certeza. No esporte muita gente não conhecia o Paulo André de fato, só o Paulo André atleta, mas como pessoa o programa proporcionou isso. As pessoas gostaram de mim pelo o que eu sou como pessoa, então receber o carinho desta forma é um prazer gigante e uma gratidão enorme também. Estou muito feliz e meu intuito agora é retribuir esse carinho que eu venho percebendo.

Paulo André retorna aos treinos na pista de atletismo da Ufes em Vitória.
Na raia da pista da Ufes, Paulo André treinou largadas para a prova que é especialista: os 100 metros rasos . Crédito: Rodrigo Gavini

Isso vai se reverter na pista e também será uma motivação a mais?

Agora eu tenho milhares de pessoas para representar também. Eu já tinha, mas agora é com uma força muito maior. Essa força triplica dentro da pista e com certeza vai ser uma motivação a mais para trazer essas medalhas para nós.

Como foram os resultados dos exames nesta volta. Como está o corpo?

Consegui surpreender bastante meu técnico e meu fisiologista, pois os resultados dos testes foram positivos. Meu nível de força está bom, de potência (muscular) também, foram bons números lá. Agora a missão é deles em trabalhar para que eu consiga ter uma boa volta.

Nesse retorno você está visando o quê? É o mundial? Quais são seus planos profissionalmente no esporte?

Querer eu quero estar dentro de todas as competições e treinamentos o mais rápido possível, porém hoje a agenda é muito árdua em relação a todos os outros trabalhos que tenho para fazer. Então a gente já decidiu em voltar com bastante calma, não dá para ser precipitado nesta volta até porque é um esporte que exige bastante, é bem delicado cada passo. São apenas 100 metros, então esse planejamento exige bastante paciência e tranquilidade para retornar com calma. A gente não está visando nenhuma competição específica, não visamos o mundial, embora não seja algo impossível. Só não é um objetivo já definido. De acordo como meu corpo for reagindo e com os resultados dos treinos vamos traçando essa meta.

Paulo André retorna aos treinos na pista de atletismo da Ufes em Vitória.
Sempre atento aos ensinamentos do pai, Paulo André realizou o primeiro treino de pista dele após o BBB. Crédito: Rodrigo Gavini

Como será essa rotina de treinos, será aqui todos os dias?

Nessa correria toda devo ficar mais em São Paulo, lógico que aqui é minha casa onde eu quero treinar, mas vou me mobilizar um pouco mais para São Paulo, lá vou ter uma estrutura para treinar também. Na verdade vai ser onde eu estiver (risos), seja no Rio, São Paulo ou aqui. Mas estou muito feliz em estar retornando e podem ter certeza que vou fazer de tudo para fazer história e trazer grandes medalhas para o Brasil.

Você não estipulou metas para voltar a competir, mas as Olimpíadas de Paris-2024 é um objetivo?

Olimpíada é um objetivo principal de todo atleta. Então toda vez que levantar para treinar vou estar treinando para uma olimpíada. Então, com certeza Paris é uma meta. Pensando a curto prazo eu ainda não tenho essa meta traçada, mas a Olimpíada de Paris com certeza é uma que está no meu planejamento.

Um mês após o fim do programa, você já conseguiu assimilar tudo o que mudou?

Aos poucos a gente vai assimilando, lógico que aparecem coisas novas das quais ainda fico entendendo o que está acontecendo. Converso com pessoas que estão nesse mundo e elas vão me ajudando sobre como lidar com as situações, mas consigo me adaptar rápido. Acredito que esteja me adaptando bem a esse novo mundo.

Quando você foi apresentado no BBB, foi mostrado que sua cidade natal não era aqui do ES e isso gerou uma certa dúvida no público. O PA se sente um capixaba, como você lidou com essa situação?

Meu coração é daqui, amo essa terra, é um lugar que gosto de estar. Eu fico até 'meio assim' de falar porque todo mundo vai querer vir para cá de tão bom  que é esse lugar. Brincadeiras à parte, aqui é um lugar onde me sinto à vontade, gosto muito da vibe, é um lugar mais tranquilo, onde gosto de estar com minha família e amigos. Apesar de ter nascido em São Paulo, o coração é daqui.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Paulo Andre Camilo bbb 22 Esportes Atletismo

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.