ASSINE

David Luiz explica opção pelo Flamengo: "Senti o amor da torcida"

Com contrato até dezembro de 2022, o zagueiro foi apresentado como reforço do time rubro-negro e vestirá a camisa 23

Publicado em 13/09/2021 às 14h11
David Luiz foi oficialmente apresentado como jogador do Flamengo
David Luiz foi oficialmente apresentado como jogador do Flamengo. Crédito: Marcelo Cortes / Flamengo

Anunciado como reforço do Flamengo no sábado (11), David Luiz acompanhou a vitória por 3 a 1 sobre o Palmeiras, no domingo (12) no Allianz Parque e, nesta segunda-feira (13), foi oficialmente apresentado pelo clube no Ninho do Urubu. A negociação levou algumas semanas até o acordo final e, segundo o atleta, a mobilização da Nação foi fundamental para ele aceitar o novo desafio.

"Senti o amor da torcida, mesmo não sendo jogador, e isso tocou o meu coração. Muito grande (o impacto da torcida). Uma loucura sentir esse carinho, mesmo ainda não sendo jogador do Flamengo. Me fez repensar, imaginar muita coisa e me ajudou muito na decisão", afirmou, antes de completar: "Mais um grande desafio na minha vida. É o que sempre gostei. Os grandes desafios, as coisas difíceis. Foi o que me ajudou a tomar essa decisão. Tive alguns cenários, onde poderia escolher uma vida 'mais tranquila', mas eu gosto de fazer o que sinto no coração".

Com o nome ventilado no Flamengo há semanas, a contratação de David Luiz tornou-se uma novela. O desfecho foi o final feliz aguardado pelo torcedor rubro-negro, que também deu sua contribuição no processo, mobilizando-se nas redes sociais pela chegada do atleta.

David Luiz tem 34 anos e está sem clube desde junho, quando seu contrato com o Arsenal foi encerrado. O zagueiro atuou no futebol europeu nas últimas 14 temporadas, com passagens de destaque pelo Benfica, Chelsea e PSG. No Velho Continente, o brasileiro conquistou uma série de títulos importantes. Confira outras respostas dadas pelo novo zagueiro do Flamengo:

  • Início das negociações com o Flamengo 
    "Tiveram inúmeros momentos que, ao longo da minha carreira, conheci pessoas que trabalhavam no Flamengo. Quando começamos a falar disso, realmente, foi um dia especial, mas que vocês ainda vão saber." 

  • Adaptação ao elenco 
    "A adaptação vai ser muito fácil. Dá para ver o que essa equipe exala: alegria, harmonia. É muito fácil se adaptar a uma atmosfera em contexto positivo." 

  • Retorno à Seleção Brasileira 
    "Minha cabeça está voltada ao Flamengo. Minha decisão foi para encarar os desafios e ambições do Flamengo. Tudo que queremos ganhar, vencer, conquistar. O jogador sempre tem que querer defender o seu país. Se não, está na profissão errada, eu penso assim. Tenho sempre a ambição de defender o meu país. E vou sempre fazer o melhor ao defender o Flamengo." 

  • Amizade com Filipe Luís, Diego e Diego Alves 
    "São amigos, pessoas que o futebol me apresentou. A gente conversa com todo mundo. Lógico que tinham minhas questões, e, em nenhum momento, eles me mostraram pontos negativos. Então, claro, que foi positivo." 

  • Desafios no retorno ao futebol brasileiro 
    "O dia a dia vai me mostrar isso. Tenho que me capacitar a todo tipo de dificuldade." 

  • Peso de chegar ao clube após campanha da torcida 
    "A responsabilidade sempre existe quando você aceita algo grande. Estou feliz em participar de um grupo tão qualificado. A dupla não será apenas eu e Rodrigo Caio. Todos temos que desempenhar, nos dedicar, para representar o Flamengo. Vi muitos jogos e é um prazer dividir o dia a dia com jogadores tão qualificados."

A Gazeta integra o

Saiba mais
flamengo flamengo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.