ASSINE

Coronavírus: Richarlison distribui 500 cestas básicas em Nova Venécia

Doação foi feita a famílias de comunidades carentes que estão com ainda mais dificuldades por conta da pandemia do Covid-19

Publicado em 06/04/2020 às 12h52
Atualizado em 06/04/2020 às 13h26
Richarlison doou 500 cestas básicas a famílias de Nova Venécia
Richarlison doou 500 cestas básicas a famílias de Nova Venécia. Crédito: Pedro Martins/Mowa Press e Divulgação

Sempre atento ao que acontece na cidade onde nasceu e muito engajado em causas sociais, o atacante Richarlison, do Everton, da Inglaterra e da Seleção Brasileira, fez a doação de 500 cestas básicas para moradores de bairros carentes de Nova Venécia, município da Região Noroeste do Espírito Santo. Na iniciativa feita pelo jogador capixaba, foram entregues alimentos como arroz, feijão e óleo de cozinha, a também produtos de higiene e limpeza, como papel higiênico, sabonete e pasta de dente. 

A iniciativa feita pelo jogador capixaba também tem como motivação a pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 500 pessoas no Brasil e já passou dos 11 mil casos confirmados. E como o isolamento social acaba prejudicando os menos abastecidos, Richarlison viu na doação de alimentos uma forma de amenizar o sofrimento dos seus conterrâneos.

 A entrega das cestas, que foi monitorada por membros da secretaria de saúde de Nova Venécia, foi feita de forma ordenada e de casa em casa, ou seja sem aglomerações. Foram os próprios parentes de Richarlison que promoveram o traslado dos produtos. Os bairros agraciados com as 500 cestas básicas foram Altoé, Aeroporto 1 e 2, Dalvit e Padre Giane. 

Famílias receberam cestas básicas em cinco bairros de Nova Venécia
Famílias receberam cestas básicas em cinco bairros de Nova Venécia. Crédito: Divulgação

Essa é mais uma das muitas ações que o atacante promove em seu estado. O atleta já doou 6,4 toneladas de alimentos, por meio de um amistoso beneficente no Estádio Zenor Pedrosa Rocha, em Nova Venécia; também já ajudou alunos capixabas a disputar as Olimpíadas de Matemática, em Taiwan; e chegou até mesmo a cobrar mais investimento do governo do Espírito Santo na educação. 

Atualmente, por conta da paralisação das competições como medida de prevenção à disseminação do Covid-19, Richarlison também adotou o isolamento social e está em sua casa, em Liverpoool, onde mantém a forma com atividades físicas recomendadas pela comissão técnica do Everton.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.