ASSINE

Com gol do capixaba Richarlison, Brasil vence o Uruguai pelas Eliminatórias

Atacante de Nova Venécia marcou o segundo gol da vitória brasileira. Seleção lidera as Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo com 12 pontos

Publicado em 17/11/2020 às 22h10
Atualizado em 17/11/2020 às 23h23
Richarlison marcou o segundo gol na vitória do Brasil sobre o Uruguai
Richarlison marcou o segundo gol na vitória do Brasil sobre o Uruguai. Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

A Seleção Brasileira fechou o seu ciclo de jogos de 2020 das Eliminatórias de Copa do Mundo de forma eficaz. Com gols de Arthur e do capixaba Richarlison, os comandados de Tite derrotaram o Uruguai por 2 a 0 em pleno Estádio Centenário e asseguraram três pontos importantes em seu adversário mais desafiador deste início de competição. Com o resultado desta terça-feira (17), o Brasil foi a 12 pontos e manteve 100% de aproveitamento, enquanto a Celeste segue com seis pontos.

O time canarinho só volta a campo em março de 2021, quando mede forças com a Colômbia. Os uruguaios encaram a Argentina.

O JOGO

Os primeiros minutos foram bem movimentados no Estádio Centenário. Logo aos dois minutos, Thiago Silva lançou Gabriel Jesus. O atacante abriu espaço pela direita e exigiu Campaña em um chute cruzado. O Uruguai respondeu logo em seguida. Com um drible, Nuñez deixou Danilo no chão e, em seguida, encheu o pé. A bola explodiu no travessão. A Celeste aumentou sua pressão, depositando suas fichas em De La Cruz e Nández. Entretanto, à exceção de uma cabeçada de Cavani rente à trave, a zaga brasileira continha o ímpeto adversário.

A dedicação que tinha defensivamente demorou a ser refletida no setor ofensivo. Everton Ribeiro criava jogadas, mas a linha de frente formada por Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Richarlison esbarrava na marcação uruguaia. O ímpeto brasileiro começou a se sobressair na reta final. 

Everton Ribeiro se desvencilhou da marcação e cruzou. Gabriel Jesus, em meio aos zagueiros, serviu Arthur, que deu um chute colocado. A bola desviou em um defensor e traiu Campaña, aos 33. Com embalo renovado, a Seleção quase ampliou no lance seguinte. Arthur abriu um passe para Firmino. O camisa 20 arrancou e bateu rasteiro, mas o goleiro encaixou.

Dominando as ações, a equipe de Tite marcou o segundo aos 45. Após jogada ensaiada em cobrança de escanteio curto, Renan Lodi alçou para a área. Richarlison surgiu entre os zagueiros e cabeceou no canto de Campaña. Os uruguaios ensaiaram uma reação em falta cobrada por De La Cruz, mas Godín cabeceou uma bola no travessão.

2º TEMPO

Na volta do intervalo, a Seleção continuou a fazer variações táticas e a se lançar ao ataque. No primeiro minuto, Gabriel Jesus se livrou da marcação, mas finalizou para as nuvens. Coube a Everton Ribeiro levar a equipe à frente, mas Roberto Firmino e Richarlison esbarravam na marcação.

Campaña foi exigido em falta cobrada por Everton Ribeiro e para salvar cruzamento de Renan Lodi. Já defensivamente, os comandados de Tite controlavam a partida. O Uruguai tentou se lançar de vez ao ataque na etapa final. Entretanto, a equipe se mostrava atabalhoada ao tentar furar o bloqueio brasileiro. Além disto, errava com frequência os lançamentos.

O panorama piorou de vez aos 26 minutos. Cavani cometeu falta em Richarlison e, inicialmente, recebeu cartão amarelo. Após ouvir o alerta do VAR, o árbitro Roberto Tobar foi à cabine de vídeo, revisou o lance e expulsou o atacante.

Minutos depois, os uruguaios ensaiaram uma reação em uma jogada que começou em uma cobrança de escanteio. Em meio ao bate e rebate, Nuñez chutou para o fundo da rede. Porém, a jogada foi invalidada por impedimento.

Os uruguaios partiram de vez para o "abafa" na reta final, mas novamente não foram efetivos diante de um Brasil que cadenciou o jogo. Com atuação segura, a Seleção segurou as pontas mesmo sem astros, soube convencer diante de um adversário difícil e fechou o ano de 2020 tranquilo nas Eliminatórias.

Futebol richarlison Seleção brasileira

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.