ASSINE
Jornalista de A Gazeta há 10 anos, está à frente da editoria de Esportes desde 2016. Como colunista, traz os bastidores e as análises dos principais acontecimentos esportivos no Espírito Santo e no Brasil

Atacante capixaba Richarlison é diferenciado dentro e fora de campo

Na contramão da maioria dos jogadores de futebol, capixaba se posiciona sobre temas importantes e sempre colabora em ações sociais

Publicado em 03/10/2020 às 06h00
Atualizado em 03/10/2020 às 13h33
Richarlison, atacante do Everton-ING e da Seleção Brasileira
Richarlison, atacante do Everton-ING e da Seleção Brasileira. Crédito: Everton/Divulgação

Com quatro gols nos últimos quatro jogos do Everton nas competições inglesas, o atacante capixaba Richarlison vive mais um momento iluminado em sua carreira nos gramados. Em sua terceira temporada no futebol da Terra da Rainha ele mostra evolução visível dentro de campo. As boas atuações acumuladas neste período o credenciaram a estar em todas as convocações da Seleção Brasileira realizadas por Tite após a Copa de 2018. Tanto é que o jogador está na lista dos relacionados para os jogos das Eliminatórias, que acontecem neste mês de outubro.

Mas além do destaque quando a bola rola, Richarlison ganha cada vez mais destaque em seu engajamento extra-campo. Diferente da grande maioria de atletas, o capixaba se mostra atento aos acontecimentos importantes do mundo e sempre se manifesta em ações que buscam justiça e transformação social.

Na última quarta-feira (30), Richarlison compartilhou em suas redes sociais uma campanha que pede justiça ao ex-motorista Robson Oliveira, preso há mais de um ano. Ele foi detido na Rússia, portando Mytedom 10mg (cloridrato de metadona) quando viajou a serviço do volante Fernando. A medicação, que é proibida no país, era para o sogro de Fernando. Desde então, o motorista permanece preso e o jogador nunca fez nada.

Além de ajudar a levar luz a esse caso, Richarlison já realizou várias ações. Fechou parceria com a Universidade de São Paulo (USP) para arrecadar doações de auxílio às pesquisas de medidas de combate à Covid-19, distribuiu 500 cestas básicas para famílias de Nova Venécia que tiveram suas rendas prejudicadas no período de pandemia, já ajudou uma unidade do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) a bancar a viagem de alunos para a Aimo 2019, olimpíada de matemática internacional, que aconteceu em Taiwan, no ano passado. E até pediu por mais investimentos em educação na Assembleia Legislativa do Espírito Santo.

O fato interessante aqui é que Richarlison, que veio de família humilde, entende a importância de estar onde chegou e se importa em ajudar o próximo. Se posicionar e se colocar à disposição é uma opção, não uma obrigação. Mas ao escolher colaborar em ações sociais, ele mostra como é importante usar sua visibilidade em benefício daqueles que precisam de ajuda. Uma atitude gigantesca.

Alguns podem até pensar que tudo não passa de marketing pessoal e uma forma de melhorar a imagem. Nesse caso, certamente não é. A simplicidade na forma que as coisas acontecem mostram que Richarlison é esse cara mesmo. Fora da caixa. Um belo exemplo a ser seguido.

Não à toa, faz sucesso nas redes sociais com a criançada, principalmente com a famosa "Dança do Pombo". Puro carisma e sensibilidade. Que continue assim.

Futebol richarlison solidariedade

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.