ASSINE

Senador Marcos do Val tem alta após dois dias internado na UTI

O parlamentar deixou o hospital e está em casa, em Vitória. Nas redes sociais, Do Val afirmou, nesta quinta-feira, que foi diagnosticado com uma anomalia no coração

Publicado em 03/10/2019 às 11h23
O senador Marcos do Val (Podemos) no hospital, na Serra. Crédito: Twitter Marcos do Val
O senador Marcos do Val (Podemos) no hospital, na Serra. Crédito: Twitter Marcos do Val

O senador Marcos do Val (Podemos) recebeu alta na noite desta quarta-feira (2), após dois dias internado por problema cardíaco. O parlamentar sentiu-se mal na terça-feira (1º) e foi levado para a UTI do Vitória Apart Hospital, na Serra. Ele já deixou a unidade e permanecerá em casa, em Vitória. 

Nesta quinta, o senador publicou nas redes sociais que foi diagnosticado com uma anomalia no coração. Exames iniciais indicaram isquemia e alteração no tamanho do órgão.

Em nota enviada nesta quinta-feira (3),  a assessoria de imprensa do senador informou que ele passou "por um exame de cateterismo, que afastou a necessidade de cirurgia".  "Foi detectada, porém, uma anomalia em uma de suas artérias coronárias. A doença arterial coronariana é causada pelo estreitamento de uma ou mais dessas artérias e pode bloquear o fluxo sanguíneo no coração", afirmou a nota.

“Depois da semana na UTI, chega os resultados dos exames cardíacos. Alguns bem desanimadores, mas outros com boas notícias. Meu coração foi diagnosticado com uma anomalia que vai requerer muitos cuidados principalmente nas atividades físicas e no estresse do trabalho”, publicou nos seus perfis nas redes sociais.

Do Val agradeceu as orações e disse ainda que continuará o seu trabalho em Brasília. 

“Isso não vai significar recuar dos objetivos de mudar nosso Brasil, de parar a guerra contra as injustiças, só mudarei as estratégias. Um recado aos meus, aos nossos inimigos de Brasília, a luta vai recomeçar! Obrigado pelas orações!”

A assessoria de imprensa informou que ele deve voltar às atividades no Senado na próxima semana. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.