ASSINE

Em meio à polêmica sobre ditadura, Rodrigo Maia cumpre agenda no ES

Presidente da Câmara não quis comentar declaração de Eduado Bolsonaro sobre uma volta do AI-5. Mas, em nota, disse que os comentários foram "repugnantes"

Publicado em 31/10/2019 às 15h40
Rodrigo Maia ao lado de Renato Casagrande e Felipe Rigoni, em evento mediado por Beatriz Seixas. Crédito: Vinícius Valfré
Rodrigo Maia ao lado de Renato Casagrande e Felipe Rigoni, em evento mediado por Beatriz Seixas. Crédito: Vinícius Valfré

O presidente da Câmara dos DeputadosRodrigo Maia (DEM-RJ), está no Espírito Santo, nesta quinta-feira (31), onde participa do 7° Fórum Liberdade e Democracia, que acontece em Vitória.

Maia não quis comentar a polêmica declaração sobre ditadura militar feita pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ). Disse que já havia se manifestado por nota. Em entrevista à jornalista Leda Nagle, em um canal no Youtube, Eduardo defendeu um "novo AI-5", caso a esquerda se radicalize.

"A apologia reiterada a instrumentos da ditadura é passível de punição pelas ferramentas que detêm as instituições democráticas brasileiras. Ninguém está imune a isso. O Brasil jamais regressará aos anos de chumbo", diz trecho da nota.

Rodrigo Maia participará de um debate com o governador Renato Casagrande e com o deputado federal Felipe Rigoni, ambos do PSB. O debate é mediado pela colunista de A Gazeta Beatriz Seixas.

A Gazeta integra o

Saiba mais
rodrigo maia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.