ASSINE

Traficante do ES conhecido como "A Lenda do Norte" é preso em Goiás

De acordo com a Polícia Federal, o homem é quem controla o tráfico de drogas na Região Noroeste do Espírito Santo há mais de uma década

Tempo de leitura: 2min
Linhares
Publicado em 01/06/2022 às 10h08
Momento da prisão do traficante, em Goiás
Momento da prisão do traficante, em Goiás. Crédito: Leitor de A Gazeta

A Força Tarefa de Segurança Pública do Espírito Santo, com o apoio da Polícia Militar de Goiás, coordenou a ação que resultou na prisão, na noite de terça-feira (31), de um dos traficantes foragidos mais violentos do Estado. O homem é conhecido como "Fantasma" ou "A Lenda do Norte", de 45 anos. De acordo com a apuração de A Gazeta, se trata de Joanilson Verly Gonçalves. O homem é natural de Boa Esperança e controla o tráfico de drogas na Região Noroeste há mais de uma década, segundo a PF.

O traficante é conhecido por sua truculência e violência extrema na condução de seus negócios ilícitos, informou a instituição. Ele estava foragido desde 2011. Por muito tempo, "Fantasma" figurou na lista dos mais procurados da Secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo (Sesp), sendo considerado como um grande causador do aumento do número de homicídios naquela região nos últimos anos.

Joanilson Verly Gonçalves foi preso pela PF em Goiás
Foto de Joanilson, como procurado, disponibilizada pela Polícia Civil. Crédito: Reprodução/PCES

As investigações indicaram que ele se escondia, ora em Rondônia, ora na Bahia, mas nas últimas semanas, surgiu a informação de que ele estaria residindo em Goiânia, utilizando documentação falsa.

As ações para localizá-lo e prendê-lo se iniciaram em meados do mês passado, quando a Força Tarefa repassou para a PF de Goiás novas informações que poderiam indicar o paradeiro do traficante.

A partir daí, segundo a PF, inúmeras diligências foram realizadas ao longo de semanas, contando com o apoio da Polícia Militar de Goiás, o que culminou com sua prisão em um bairro de classe média daquela capital, local em que residia com a família.

Na abordagem pelos policiais goianos, ele não ofereceu resistência e confirmou-se que "Fantasma" fazia uso de documentos falsos. Assim, além do cumprimento do mandado de prisão preventiva por tráfico de drogas e associação para o tráfico, ele foi preso em flagrante e levado para a Superintendência da PF, onde foi autuado.

A ação contou com a Força Tarefa de Segurança Pública do Espírito Santo, composta por policiais federais, rodoviários federais e guardas civis municipais de Vitória, Vila Velha e Serra, e a Polícia Militar de Goiás.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.