ASSINE

Perseguição a carro roubado termina em acidente e confronto em Vila Velha

A perseguição durou cerca de 5 km até o bairro Primeiro de Maio, onde suspeitos bateram em um poste, trocaram tiros com os guardas e fugiram nesta quarta-feira (15)

Publicado em 15/09/2021 às 19h59
Guarda Municipal de Vila Velha fez o acompanhamento do carro por cerca de 5 km
Guarda Municipal de Vila Velha fez o acompanhamento do carro por cerca de 5 km. Crédito: Divulgação | Guarda Civil de Vila Velha

Perseguição, acidente, confronto armado e fuga. Tudo isso aconteceu no início da tarde desta quarta-feira (15), em Vila Velha. O veículo usado pelos suspeitos foi um Fiat Fiorino branco, que havia sido roubado no dia anterior no bairro Ataíde, no mesmo município.

Prefeitura de Vila Velha informou que uma equipe da Guarda Municipal foi acionada porque o automóvel foi visto perto da estrada de Capuaba. Os agentes foram ao local e teve início a perseguição, que se estendeu por cerca de cinco quilômetros até o bairro Primeiro de Maio, onde, durante a fuga, os criminosos bateram em um poste.

Após a colisão, os dois homens saíram do carro, trocaram tiros com os agentes da Guarda Municipal e conseguiram fugir. A prefeitura ressaltou que, apesar da fuga, o carro roubado foi recuperado e poderá ser devolvido ao dono após a perícia. A arma usada pelos criminosos foi apreendida.

À esquerda, o veículo que os suspeitos usavam; à direita, a arma e as munições que foram apreendidas
À esquerda, o veículo que os suspeitos usavam; à direita, a arma e as munições que foram apreendidas. Crédito: Guarda Civil de Vila Velha | Montagem A Gazeta

Em nota, a Polícia Civil informou que a arma e as munições serão encaminhadas para o Departamento de Criminalística. O caso vai seguir sob investigação da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos. Segundo a PC, outros detalhes não podem ser repassados para resguardar a apuração dos fatos.

"A PC destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima por meio do Disque-Denúncia (181), que também possui um site no qual é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas. O anonimato é garantido", reforçou.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.