Operação no Sul do ES prende 7 pessoas e apreende drogas

A ação, que contou com esforços das polícias Civil e Militar, Bombeiros e Guarda Municipal de Cachoeiro de Itapemirim, tem como foco reduzir e controlar os principais indicadores de crimes contra a vida e patrimônio

Cachoeiro
Publicado em 21/01/2021 às 12h42
Entre os presos está o suspeito de matar um frentista na cidade, em outubro de 2020
Operação Estado Presente em Cachoeiro prende 7 pessoas. Crédito: Secretaria Estadual de Segurança

A Operação Estado Presente, deflagrada nesta quarta-feira (20) em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, resultou em sete pessoas presas e uma arma de fogo, drogas e munições apreendidas. A ação, que contou com esforços das polícias Civil e Militar, Bombeiros e Guarda Municipal de Cachoeiro de Itapemirim, tem como foco reduzir e controlar os principais indicadores de crimes contra a vida e patrimônio.

Durante a operação, foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão. Também foram realizadas duas prisões por cumprimento de mandado, quatro prisões em flagrante, além de uma prisão fora do Espírito Santo.

A operação apreendeu 500 pontos de LSD, pinos com droga sintética em líquido e outras substâncias ainda desconhecidas, de acordo com a polícia. Todo o material foi entregue à 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim para as providências cabíveis ao caso.

A droga foi encontrada em cartelas e frascos, com LSD líquido e em gel. No total, foram abordados 44 carros, 37 motocicletas e 126 pessoas
Operação Estado Presente apreende LSD em Cachoeiro. Crédito: Polícia Militar

A ação aconteceu entre 13h30 e 22h desta quarta-feira e contou com fiscalização de trânsito e de bares e locais de vulnerabilidade, em vários pontos da cidade. Ao todo, foram abordados 44 carros, 37 motocicletas e 126 pessoas. O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, acompanhou as ações.

"Essa foi a primeira edição da Operação Estado Presente e esperamos robustecer cada vez mais essas ações, visando a proporcionar segurança à população e combater a criminalidade, conforme nos orienta governador Renato Casagrande. Agradeço a todos os envolvidos pela dedicação e comprometimento", afirmou o coronel Ramalho.

SUSPEITO DE MATAR FRENTISTA É PRESO NO RJ

A prisão foi feita após levantamentos do Setor de Inteligência da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim/ES, associado às diligências de campo realizadas pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF/PCERJ).

REUNIÃO DE PLANEJAMENTO

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) informou na manhã desta quinta-feira (21), que organizou e realizou a reunião de alinhamento do programa Estado Presente em Defesa da Vida na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Sul para avaliar os resultados e metodologias utilizados no combate à criminalidade.

"Sempre temos que manter essa metodologia de avaliação e metas. Não é uma cobrança ou fiscalização e estamos nas regiões pessoalmente para ouvir exatamente os anseios dos nossos policiais, assim entendendo o que é preciso para melhorar os trabalhos a serem realizados", destacou o secretário Alexandre Ramalho.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.