> >
Jovem é agredida pelo companheiro na frente dos filhos pequenos na Serra

Jovem é agredida pelo companheiro na frente dos filhos pequenos na Serra

Suspeito, de 28 anos, foi preso após vítima correr para a rua e chamar a polícia; caso aconteceu no último domingo (16)

Publicado em 17 de junho de 2024 às 10:22- Atualizado há um mês

Ícone - Tempo de Leitura 3min de leitura
Moradora da Serra é agredida pelo marido e fica com marcas pelo corpo
Moradora da Serra é agredida pelo marido e fica com marcas pelo corpo. (Fabrício Christ)

Uma jovem de 20 anos levou chutes e foi agredida com o cabo de uma faca dentro de casa, em Costa Bela, na Serra, na frente dos filhos de um, dois e quatro anos. A vítima precisou correr para a rua para escapar da violência do próprio marido, que havia trancado a mulher com as crianças na residência. Ele acabou preso, no último domingo (16).

A repórter Daniela Carla, da TV Gazeta, conversou com a vítima. A jovem relatou que se relaciona com o marido há sete anos. Ele costuma mantê-la trancada em casa, com as crianças. Na madrugada de domingo (16), por volta das 3h, o homem recebeu uma ligação e saiu.

Perto das 13h, a mulher e as crianças estavam com fome, então a jovem resolveu tentar sair da residência. Ela pegou uma serra e cortou a corrente, momento em que conseguiu sair. Quando o marido voltou e viu o cadeado aberto, se revoltou. 

"Ele estava querendo me obrigar a fechar a corrente, mas não tinha como, porque eu tinha serrado. Aí ele me chutou. Ele estava com a faca me ameaçando. Pegou o cabo da faca, me deu dois golpes na cabeça, me chutou, eu caí no chão, levantei e saí correndo. Vim pedir ajuda na casa da minha mãe e ele veio atrás", revelou. 

O homem chegou a perseguir a mulher com a faca na mão, mas como ela foi se afastando, ele desistiu. A vítima pediu ajuda para a mãe. A maior preocupação dela era com as crianças, que tinham ficado em casa.

Aspas de citação

Ele estava disposto a me matar

X.
Vítima agredida pelo marido
Aspas de citação

A jovem voltou ao local, acompanhada de um vizinho, para buscar as crianças. Enquanto isso, os familiares dela ligavam para a Polícia Militar. Quando eles chegaram perto da casa, viram o agressor andando na pracinha do bairro com as crianças. Uma testemunha relatou que flagrou o homem dando um chute na filha de dois anos. 

O criminoso foi levado para a Delegacia Regional da Serra e autuado por tentativa de homicídio qualificada, ameaça, injúria e cárcere privado, todos na forma da Lei Maria da Penha. Após os procedimentos de praxe, ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

Agressões

Nos sete anos de convivência, a vítima contou já ter sofrido outras violências além da física, como a psicológica. Segundo ela, o marido já foi preso três vezes por agredi-la; quando saía da cadeia, ele fazia ameaças e ela acabava voltando. Dessa vez, ela pediu medida protetiva. 

"Ninguém da minha família quer me ajudar mais por causa dele. Mas estou disposta a viver minha vida longe dele, porque dessa vez foi demais", desabafou, em entrevista à TV Gazeta.

Este vídeo pode te interessar

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais