ASSINE

Caparaó: polícia descobre desmatamento equivalente a 10 campos de futebol

A Polícia Militar Ambiental descobriu o crime em Dores do Rio Preto e Guaçuí, nesta quinta-feira (24), após levantamento via imagens de satélite e denúncias anônimas

Publicado em 25/09/2020 às 19h58
Operação
Operação "Mata Atlântica em Pé" constata desmatamento equivalente a 10 campos de futebol . Crédito: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

Uma área equivale a 10 campos de futebol foi desmatada na zona rural dos municípios de Dores do Rio Preto e Guaçuí, na Região do Caparaó. A Polícia Militar Ambiental descobriu o crime após levantamento via imagens de satélite e denúncias anônimas.

Durante esta quinta-feira (24), foi deflagrada a operação “Mata Atlântica em Pé”, realizada em conjunto pela Polícia Ambiental,  o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (IDAF) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). Duas áreas de vegetação nativa da Mata Atlântica foram desmatadas, totalizando mais de 106 mil metros quadrados degradados.

Operação
Operação "Mata Atlântica em Pé" constata desmatamento equivalente a 10 campos de futebol . Crédito: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

Foi constatado o uso de fogo e corte das árvores em uma das áreas, que era de uma reserva legal. Já havia sementes de capim jogadas em toda sua extensão, espécie muito utilizada na formação de pastagens, segundo a polícia.

Duas pessoas foram notificadas e serão autuadas com multas administrativas, que poderão chegar a R$ 25 mil. Além disso,  vão responder criminalmente pela Lei de Crimes Ambientais, por destruir ou danificar vegetação. O crime pervê pena de detenção, de um a três anos, ou multa, ou ambas as penas acumuladas.

A Polícia Ambiental adverte que qualquer supressão de mata nativa deve ser autorizada pelo órgão ambiental competente. Qualquer denúncia de crime ambiental pode ser realizada pelo telefone do Disque Denúncia – 181 ou pelo endereço eletrônico http://disquedenuncia181.es.gov.br/.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Dores do Rio Preto Guaçuí IDAF Ibama Polícia Ambiental

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.