ASSINE
Edinho Pereira
Edinho Pereira
1952
2021

Ex-prefeito de Barra de São Francisco, Edinho Pereira morre aos 68 anos

Edinho Pereira estava internado em um hospital de Cariacica. Segundo a família, o ex-prefeito e ex-deputado estadual teve uma parada cardiorrespiratória

Colatina / Rede Gazeta
Publicado em 27/04/2021 às 18h19

O ex-prefeito de Barra de São Francisco, no Noroeste do Espírito Santo, e ex-deputado estadual Edinho Pereira faleceu no final da manhã desta terça-feira (27), aos 68 anos. Segundo a família, ele sofreu uma parada cardiorrespiratória em um hospital de Cariacica, onde tratava um câncer nos rins.

Segundo o filho Luciano Pereira, o quadro de saúde do ex-prefeito se agravou nas últimas horas e ele precisou ser intubado. Edinho foi submetido a diálise, uma vez que foi identificada uma paralisação dos rins.

De acordo com a família, o corpo do prefeito vai ser velado na manhã desta quarta-feira (28) na Câmara Municipal. Em seguida, um cortejo deve percorrer as principais ruas de Barra de São Francisco.

TRAJETÓRIA POLÍTICA

Uma das principais lideranças políticas de Barra de São Francisco, Edinho Pereira comandou o município em três ocasiões. Foi chefe do Executivo pela primeira vez em 1982, ficando na prefeitura até 1988. Em 1990, ele conseguiu uma das cadeiras da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, onde cumpriu o mandato de 1991 a 1994.

Foi eleito novamente prefeito de Barra de São Francisco em 2000 e reeleito em 2004. Em meio ao segundo mandato, teve os direitos políticos suspensos.

Edinho PEreira,
Edinho Pereira comandou o município em três ocasiões. Crédito: Divulgação/ Redes Socais

Edinho foi candidato a deputado estadual nas eleições de 2014, mas não se elegeu. Ele era pai e principal incentivador da carreira política do também ex-deputado e ex-prefeito Luciano Pereira.

LUTO E HOMENAGENS

Durante sua trajetória, Edinho teve rivalidade política com Enivaldo dos Anjos (PSD), atual prefeito de Barra de São Francisco. Nesta terça-feira (27), Enivaldo divulgou nota lamentando a morte do ex-prefeito e decretando luto oficial de três dias no município.

“O chefe do Executivo municipal aproveita para externar sua solidariedade à família e a todos os amigos e admiradores do ex-prefeito, registrando que a morte de um líder político tem sempre um forte impacto na vida da comunidade e, a despeito de serem adversários políticos, reconhece a importância do ex-prefeito para a história da cidade. Ao mesmo tempo, Enivaldo dos Anjos registra seu pesar pelo sofrimento dos últimos dias do ex-prefeito com a doença que o acometeu e lamenta que Edinho Pereira tenha morrido prematuramente, com apenas 68 anos de idade, quando ainda acalentava sonhos de vida para muitos anos”, afirmou Enivaldo.

O presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, Erick Musso (Republicanos), manifestou condolências aos familiares do ex-prefeito e afirmou que Edinho “sempre teve o carinho da população da região”.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.