ASSINE

Mercado da Capixaba: promessa de obras só no segundo semestre

O espaço, que fica no Centro de Vitória, passará por reforma para ter condições de receber até 20 lojas. Atualmente, somente seis lojas estão no local

Publicado em 16/01/2020 às 21h05
Mercado da Capixaba. Crédito: Fernando Madeira
Mercado da Capixaba. Crédito: Fernando Madeira

Nos seus mais de 90 anos de existência, o Mercado da Capixaba, no Centro de Vitória,  deve ganhar uma "repaginada" a partir do segundo semestre de 2020. A ideia é restaurar o local para abrigar 20 lojas e ser um espaço de compras e conforto para clientes, às margens da Avenida Jerônimo Monteiro.

O local já abrigou a Junta de Alistamento Militar do Exército, a Secretaria Municipal de Cultura e o auditório da Rádio Espírito Santo, mas nos últimos anos anda abandonado e bastante danificado pelo tempo. 

Em 2002,  um incêndio em uma loja de artigos esportivos destruiu o telhado do segundo pavimento e nunca foi reformado.  Atualmente, seis lojas ainda ocupam algumas galerias do mercado que tem área de 2500 metros quadrados. 

Segundo a Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDV), até março deve ficar pronto o projeto complementar para realização das instalações elétricas, sanitárias e hidráulicas.  O projeto para executar a reforma da fachada, calçada e telhado já está pronto. "Com os dois projetos, poderemos mensurar o valor da obra e abrir o processo de licitação para uma empresa executar as obras", afirmou Leonardo Kohling, diretor-presidente da CDV.

A proposta é de que, após às reformas,  novas lojas sejam distribuídas no interior do Mercado, servindo de um espaço de compras coberto, passeio e turismo. "O mercado ficou muito tempo com ocupação irregular de comerciantes, os quais também não reformavam. Agora, temos que juntar os dois projetos, calcular o valor do custo da obra e os serviços,  para fazermos a licitação", destacou Leonardo. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.