ASSINE

Juiz manda soltar, mas líder de facção no ES fica preso por outros crimes

Em sua decisão, juiz explica que os policiais possuem condições de verificar a autenticidade de um documento, dificultando a ocorrência deste tipo de crime

Publicado em 20/02/2020 às 19h25
Atualizado em 21/02/2020 às 00h00

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.