ASSINE

Governo anuncia edital para construção de ciclovia na Terceira Ponte

O número de pistas também será ampliado, de duas para três faixas em cada lado, e será implantada barreira contra suicídio. A obra está estimada em R$ 170 milhões, com prazo de conclusão de dois anos e meio; empresas podem se candidatar até 23 de abril

Publicado em 05/03/2020 às 18h21
Atualizado em 06/03/2020 às 00h08
Esboço de como deverá ficar a ciclovia na Terceira Ponte. Crédito: Divulgação | Governo do Estado
Esboço de como deverá ficar a ciclovia na Terceira Ponte. Crédito: Divulgação | Governo do Estado

Foi anunciada nesta quinta-feira (5) a publicação do edital para contratação dos projetos e das obras para ampliação da capacidade da Terceira Ponte e implantação da ciclovia, com barreiras de proteção. Em coletiva de imprensa, o Governo do Estado anunciou que o edital será publicado nesta sexta-feira (6).

De acordo com Fábio Damasceno, secretário de Mobilidade e Infraestrutura do Espírito Santo, o valor de referência para a obra é R$ 170 milhões. "Serão três faixas de cada lado; a ciclovia é um equipamento inovador por ser na estrutura da ponte. Isso vai fazer com que se ganhe 35% na capacidade da ponte", apontou. Ele ainda afirmou que o projeto será executado por etapas — um sentido por vez.

O prazo para conclusão da obra é de dois anos e meio. As intervenções devem começar entre o final de 2020 e início de 2021 . As empresas interessadas em desenvolver o projeto e executar as obras podem se candidatar até o dia 23 de abril.

ENTENDA O PROJETO

O projeto contempla ciclovias, mais duas faixas, muro de proteção de prevenção a suicídios e até um mirante. As ciclovias serão formadas por estruturas metálicas instaladas para fora das duas laterais da plataforma de concreto da Terceira Ponte. A parte de concreto, onde fica o asfalto, será totalmente usado para os veículos circularem.

Devem ser usados mais de 4 mil toneladas de aço, se a empresa vencedora do projeto mantiver esse tipo de material. Inclusive, foi em razão do aço, cujo preço é definido pela cotação do dólar, um dos fatores para elevar o custo da ampliação da Terceira Ponte que, anteriormente, estava estimado em R$ 100 milhões.

Cada via para bicicletas terá três metros de largura, contando assim com duas faixas. A ciclovia ficará abaixo da altura da mureta metálica de onde ficam os veículos, não permitindo com que o ciclista visualize os carros da via e que os motoristas não percam a visibilidade das paisagens ao redor da Terceira Ponte.

Esboço de como vai ficar ciclovia na Terceira Ponte. Crédito: Divulgação | Governo do Estado
Esboço de como vai ficar ciclovia na Terceira Ponte. Crédito: Divulgação | Governo do Estado

No quesito mobilidade de veículos, a previsão é de que a ponte passe a ter mais duas faixas, além das quatro já existentes. Para isso, a mureta de concreto que hoje divide os sentidos dos veículos será reduzida de espessura mais da metade, passando de 1,43 m para 0,60 m.

Com informações de Aline Nunes

A Gazeta integra o

Saiba mais
Vitória (ES) terceira ponte

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.