ASSINE

Escola cívico-militar de Viana tem mais de mil inscritos em cinco horas

O prazo se estende até às 23h59 de sexta-feira (21) e as inscrições são feitas exclusivamente pelo site da prefeitura do município

Publicado em 18/02/2020 às 20h16
Projeção da escola cívico-militar de Viana. Crédito: Prefeitura de Viana
Projeção da escola cívico-militar de Viana. Crédito: Prefeitura de Viana

As inscrições para a Escola Municipal de Ensino Fundamental Cívico-Militar João Natalício Alves Pereira (EMEFCM), abertas às 13h desta segunda-feira (17), já contabilizavam, nas primeiras cinco horas, mais de mil interessados. De acordo com a Prefeitura de Viana o processo está sendo “um verdadeiro sucesso de procura”. As inscrições, que devem ser feitas exclusivamente no site do município, se estende até às 23h59 de sexta-feira (21).

“Estamos muito felizes com a procura e vamos fazer tudo de forma muito transparente. Trata-se de um modelo de escola próprio da cidade de Viana, inspirado no modelo do Estado de Goiás. Estamos em parceria com a Polícia Militar, que também estará no nosso quadro de profissionais, por meio de um convênio”, disse a secretária de Educação de Viana, Luzian Belisario.

No total serão ofertadas 400 vagas, distribuídas em dois turnos por ano letivo, sendo que o turno matutino será destinado aos alunos do 6º ao 8º ano e o turno vespertino para estudantes do 1º ao 5º ano. As vagas serão prioritariamente preenchidas pelos alunos inscritos e residentes em Vila Bethânia. As remanescentes serão sorteadas entre os demais interessados.

PROFESSORES

Fazendo jus ao nome, a escola cívico-militar terá no corpo docente, além dos professores civis, como em qualquer outra unidade de ensino, policiais da reserva. Segundo a secretaria de educação de Viana, Luzian Belisario dos Santos, a matéria ministrada pelos militares será Ética e Cidadania, uma disciplina que não consta na base comum curricular.

“Ética e Cidadania será trabalhada em conjunto com policiais militares, em regime de colaboração. Antes de serem policiais, estes profissionais precisam ter formação pedagógica em alguma área. Terão, ao todo, seis policiais em nosso corpo docente. A grade curricular é igual a das outras escolas, mas, na parte diversificada, temos liberdade de inserir disciplinas que não compõem a base comum”.

UNIFORME

O uniforme escolar utilizado pelas crianças será semelhante à farda da Polícia Militar e terá quatro versões. “Inicialmente os alunos usarão um uniforme de adaptação, para os três primeiros meses de aula. Este será composto por calça jeans, camisa branca e tênis preto. Haverá ainda o uniforme de sala de aula, com calça cinza escuro e camisa azul clara; o uniforme de educação física terá bermuda e camisa. Também haverá o uniforme de gala, destinado aos grandes eventos, que solicitam uma apresentação mais refinada, como os desfiles aos quais os estudantes atenderão”, revelou.

AULAS

A estrutura da escola contará com nove salas de aula e um laboratório. Pela manhã as aulas serão ministradas de 6h50 ao meio-dia, e, pela tarde, de 12h50 às 18h. A área da unidade de ensino terá 2.114,80 m2 de área construída, composta por um bloco com dois pavimentos e espaço esportivo coberto.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.