ASSINE

Navio com parte submersa chama atenção de quem passa pelo Centro

Apesar da impressão de afundamento causada pela imagem, a foto registrou o momento de carregamento dos porões traseiros do navio. "Não há risco algum, é normal", enfatizou empresa responsável pela operação

Publicado em 03/10/2019 às 15h33
Navio atracado no Porto de Vitória. Crédito: Vitor Jubini
Navio atracado no Porto de Vitória. Crédito: Vitor Jubini

Quem passou pelo Centro de Capital na manhã desta quinta-feira (03) viu uma cena que chamou atenção. Um navio, atracado no Porto de Vitória, parecia estar afundando, com parte de sua estrutura mais submersa do que a outra e um boia próximo à embarcação.

Procurada pela reportagem, a Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), responsável pela administração do Porto, respondeu que, na verdade, o desequilíbrio do navio Yu Peng, da China, é um procedimento rotineiro e normal de abastecimento.

De acordo com a Transhipping, empresa que dá assistência ao navio, a imagem causa a falsa impressão de afundamento. O registro mostra apenas o momento em que os porões da parte traseira da embarcação eram abastecidos. "Não há risco algum. É um procedimento normal", finalizou o gerente da empresa, Helder Marques.

A Gazeta integra o

Saiba mais
porto de vitória

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.