ASSINE

Governo aprova 206 mil novos beneficiários no auxílio emergencial

Os novos aprovados começam a receber a partir do ciclo 2 do calendário de pagamentos, quando serão creditadas duas parcelas para este público

Publicado em 27/04/2021 às 16h27
Auxílio emergencial voltou a ser pago nessa semana
Auxílio emergencial voltou a ser pago pelo governo. Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

governo federal aprovou um novo lote com 206.126 beneficiários do auxílio emergencial de 2021. Os novos aprovados começam a receber a partir do ciclo 2 do calendário de pagamentos, quando serão creditadas duas parcelas para este público. A partir da terceira parcela, todos seguem o calendário normal do benefício.

Os novos aprovados já podem consultar os pagamentos por meio da central telefônica 111 ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Os pagamentos serão realizados nas contas poupanças sociais digitais, movimentadas por meio do aplicativo Caixa Tem e nas lotéricas de todo o país. A partir da data do crédito, os valores já podem usados para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em estabelecimentos comerciais.

A Caixa orienta que não é necessário se dirigir às agências do banco para tirar dúvidas. A central telefônica 111 funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h, não tem custos e está pronta para atender os beneficiários do auxílio emergencial 2021. Além disso, o banco disponibiliza o site para consulta.

O auxílio 2021 é pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo.

  • As famílias, em geral, recebem R$ 250;
  • A família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375;
  • Pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Segundo a Caixa, mais de 45 milhões de brasileiros, entre trabalhadores informais, desempregados e outros grupos inseridos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) terão acesso ao benefício nesta nova rodada de pagamentos.

VEJA O CRONOGRAMA DE PAGAMENTOS

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.