ASSINE

Fábrica em São Mateus produzirá micro-ônibus mais sustentável

A previsão é de que sejam fabricadas cerca de 50 unidades mensais na planta do Norte capixaba, em modelos com capacidade para transportar entre 19 e 44 passageiros

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 02/06/2021 às 13h15
Marcopolo/Volare vai produzir 50 novos micro-ônibus em São Mateus todo mês
Marcopolo/Volare vai produzir 50 novos micro-ônibus em São Mateus todo mês. Crédito: Giovani Boff/DC Multimidia

Correção

10 de Junho de 2021 às 10:31

A primeira versão deste texto dizia que a "Fábrica em São Mateus produzirá micro-ônibus com foco na exportação", mas esta informação não está correta. Os veículos serão vendidos para o mercado interno. Apenas os modelos feitos em outra unidade da empresa atuará com exportação. A informação foi corrigida.

De olho no aquecimento da economia e do setor de fretamento, a Marcopolo — dona da Volare, unidade de negócios da companhia —, iniciou a produção de uma nova linha de micro-ônibus na planta de São Mateus, no Norte capixaba. A aposta da empresa é em um modelo mais sustentável, que será comercializado não apenas dentro do país, como também poderá ser vendido ao mercado externo.

Trata-se de uma evolução da linha Attack, lançada em 2014, remodelada para atender as novas demandas do mercado, conforme destaca o gerente nacional de vendas da Volare, Sidnei Vargas. Até mesmo a pandemia do novo coronavírus serviu de inspiração para a expansão dos negócios.

“O aquecimento do setor de fretamento, bem como outras frentes de negócios como o agro e mineração que trocaram as vans por micro-ônibus, com mais espaço para o transporte dos trabalhadores, seguindo o distanciamento exigido pelas autoridades sanitárias, trouxe ao segmento novas oportunidades."

Vargas explica que, como um reforço para esse segmento de micro-ônibus, as empresas lançaram a linha New Attack, que chega ao mercado com os modelos New Attack 8 e New Attack 9, nas versões Escolar, Executivo, Fretamento, Rural e Unidades Especiais, e capacidade para transportar entre 19 e 44 passageiros.

 Sidnei Vargas, gerente nacional de vendas da Volare
Sidnei Vargas, gerente nacional de vendas da Volare. Crédito: Divulgação/Volare

Em operação desde 2014 em São Mateus, a Marcopolo/Volare produz atualmente cerca de 30% dos micro-ônibus do grupo, que são distribuídos, principalmente, para as regiões Norte e Nordeste, conforme declarou Vargas à colunista de A Gazeta, Beatriz Seixas, no mês de maio.

Como a planta já estava adaptada para acomodar a nova linha de produção de micro-ônibus, as unidades já estão em processo de fabricação. A previsão é de que 50 novos veículos sejam produzidos mensalmente em território capixaba.

Entre os diferenciais da nova linha estão o uso de componentes em plástico de engenharia reciclável. Além disso, os veículos têm conjuntos ópticos em LED, com farol de neblina e DRL opcionais, que, segundo a companhia, proporcionam durabilidade superior em comparação à lâmpada convencional.

“Os veículos da linha New Attack também são reflexo da atenção que a companhia dá à sustentabilidade, com maior utilização de componentes em plásticos de engenharia recicláveis, para maior segurança, facilidade de manutenção e reparação, além de maior agilidade na substituição de peças. E, conforme os pedidos dos clientes forem sendo fechados, a nova linha também será introduzida no mercado externo”, reforçou, Vargas.

A Gazeta integra o

Saiba mais
São Mateus ônibus são mateus

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.