ASSINE

Dólar alto: Paulo Guedes sugere trocar Disney por Cachoeiro de Itapemirim

Segundo ministro, dólar alto é bom: "Todo mundo estava indo para a Disney"

Publicado em 12/02/2020 às 20h45
Atualizado em 12/02/2020 às 21h08
Ministro da Economia, Paulo Guedes, fala sobre novo recorde do valor do dólar. Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom
Ministro da Economia, Paulo Guedes, fala sobre novo recorde do valor do dólar. Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira (12) que dólar um pouco mais alto é bom para todo mundo. Ao mencionar períodos em que o real esteve mais valorizado, disse que empregada doméstica estava indo para a Disney, "uma festa danada".

Nesta quarta, o dólar atingiu R$ 4,35, novo recorde nominal. Foi o quinto pregão seguido de alta. Em 2020, a moeda acumula valorização de 8,4% ante o real.

"Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Vamos importar menos, fazer substituição de importações, turismo. [Era] todo mundo indo para a Disneylândia, empregada doméstica indo para a Disneylândia, uma festa danada", disse.

Em discurso Seminário de Abertura do Ano Legislativo da Revista Voto, o ministro prosseguiu sugerindo que as pessoas façam turismo no Brasil.

Paulo Guedes

Ministro da Economia

"Espera aí, vai passear em Foz do Iguaçu, vai passear no Nordeste, está cheio de praia bonita, vai para Cachoeiro do Itapemirim conhecer onde Roberto Carlos nasceu. Vai passear, conhecer o Brasil"

Em seguida, o ministro reestruturou sua fala sobre as domésticas.

"Vão dizer 'ministro diz que empregada doméstica estava indo para Disneylândia'. Não, o ministro está dizendo que o câmbio estava tão barato que todo mundo estava indo para a Disneylândia", disse.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Paulo Guedes disney

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.