ASSINE

Com nova fábrica, cooperativa de laticínios vai dobrar captação de leite no ES

Investimento de R$ 130 milhões em empreendimento de Cachoeiro de Itapemirim vai diminuir custos de produção e aumentar a competitividade no setor

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 30/09/2021 às 19h23
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim. Crédito: Renan Calabrez

A Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, neste sábado (2). Com a nova fábrica, na localidade de Safra, a empresa pretende dobrar a captação de leite junto aos produtores rurais associados para 850 mil litros por dia.

A fábrica atual, no bairro Campo Leopoldina, será desativada e o destino do imóvel ainda será definido. A atual sede da cooperativa foi construída em 1977. Para o novo empreendimento, que começou a ser construído em novembro de 2017, foram investidos R$ 130 milhões.

Segundo a cooperativa, as instalações, mais amplas e modernas, devem diminuir custos e aumentar a eficiência. A capacidade instalada de recepção de leite será até 850 mil litros de leite/dia – 450 mil a mais do que o limite atual.

Inicialmente, segundo a Selita, serão ofertadas oportunidades de crescimento para a equipe do atual quadro de funcionários. A cooperativa possui atualmente 450 colaboradores diretos e mais de 10 mil pessoas envolvidas indiretamente em toda a cadeia produtiva.

Novo parque industrial da Selita

Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim. Renan Calabrez
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim. Renan Calabrez
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim. Renan Calabrez
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de Itapemirim. Renan Calabrez
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de
Itapemirim
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de
Itapemirim
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de
Itapemirim
Cooperativa de Laticínios Selita vai inaugurar um novo parque industrial em Cachoeiro de
Itapemirim

Para o presidente da Selita, Leonardo Monteiro, a nova indústria é um marco na história da cooperativa. “Esse novo parque vai possibilitar uma redução significativa nos custos, porque a atual fábrica está com custos elevados. Além disso, vai gerar com os novos equipamentos e com a estrutura mais moderna, mais produtividade e eficiência em todos os processos”, explica.

Durante a construção foram gerados mais de 500 empregos, compreendendo as várias etapas como terraplanagem, edificação e montagem.

MERCADO

A cooperativa é formada por mais de 1,8 mil cooperados, que estão localizados em 51 municípios entre o Espírito SantoRio de Janeiro e Minas Gerais. A maior parte dos cooperados, cerca de 90%, está no Espírito Santo.

Com a nova estrutura, a intenção da cooperativa é melhorar a remuneração dos cooperados, diminuir os custos de produção e aumentar a competitividade no mercado de lácteos.

Atualmente, a Selita comercializa no Espírito Santo, parte do Rio de Janeiro e Sul da Bahia. A empresa tem um portfólio com cerca de 85 produtos, entre a linha de leite UHT, diversos tipos de queijos, iogurtes, requeijão, manteiga, doce de leite, creme de leite, entre outros.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.