ASSINE

Viana decide não retomar aulas presenciais nas escolas em 2020

O município se junta a outros 46 que, conforme levantamento de A Gazeta, vão manter apenas as atividades remotas até o final do ano letivo

Publicado em 23/10/2020 às 17h26
Profissionais de saúde realizam a segunda etapa do inquérito sorológico. Em Viana o primeiro bairro visitado foi Vila Betânia II.
Inquérito sorológico da Covid-19 realizado em Viana: município decidiu retomar as aulas presenciais em 2021 devido à pandemia. Crédito: Ricardo Medeiros

O município de Viana decidiu não retomar as aulas presenciais nas escolas da rede em 2020. Assim, se junta aos outros seis da região metropolitana que vão manter apenas as atividades remotas até o final do ano letivo. Ao todo, conforme levantamento de A Gazeta, agora são 47 cidades do Espírito Santo que optaram pela volta ao ensino presencial somente em 2021 devido aos reflexos da pandemia da Covid-19.  

Em nota, a Prefeitura de Viana informou que, com a decisão tomada na tarde desta sexta-feira (23), os mais de 13 mil estudantes das 39 escolas da rede municipal continuarão os estudos de forma remota.

Na rede pública, a retomada das atividades presenciais foi autorizada pelo governo do Estado desde o último dia 13. As escolas da rede estadual foram reabertas, mas apenas 25% das famílias dos estudantes assinaram o termo de manifestação informando que enviariam os filhos para aulas nas unidades de ensino, ainda em 2020. 

Dos 78 municípios capixabas, apenas três permanecem em risco moderado para a Covid-19 e, por isso, não têm autorização para funcionamento das escolas. No mapa vigente até domingo (25), estão nessa condição Anchieta, que já havia informado que não voltaria com as aulas em outubro; Santa Teresa, que não retorna este ano; e Conceição da Barra, que ainda não apresentou um posicionamento. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Educação Viana Covid-19 viana Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.