ASSINE

Unidade de internação de Linhares tem o maior número de jovens com Covid

Na Unis Norte,  dos 91 jovens internados no local, 30 deles apresentaram resultado positivo para a contaminação pelo novo coronavírus

Publicado em 26/06/2020 às 15h40
Atualizado em 26/06/2020 às 17h53
Unidades de internação do Complexo Uninorte (Unip e Unis), em Linhares
Unidades de internação do Complexo Uninorte (Unip e Unis), em Linhares. Crédito: Secom/ES

Fica em Linhares a unidade de internação que apresentou o maior número de adolescentes com resultado positivo para a Covid-19. Trata-se da Unis Norte, que faz parte do complexo da região Norte do Estado destinado a socioeducandos, e que conta ainda com a Unip Norte, voltada a apreensões de menores em situação provisória.

Foram testados todos os 91 adolescentes internados na Unis Norte e um da Unip Norte. O resultado apontou que 30 jovens apresentaram  resultado positivo para o novo coronavírus. Destes, cinco estão recuperados e 24 estão em isolamento. Os dados são desta quinta-feira (25). O teste do jovem da Unip Norte foi negativo.

A testagem em massa, de todos os jovens, segundo o Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases), foi utilizada como estratégia de prevenção e controle do vírus no local. “Medida adotada como necessária após avaliação junto à Secretaria Municipal de Saúde de Linhares (Semus)”.

Por nota, o Iases informou ainda que os adolescentes que testaram positivo foram encaminhados ao isolamento respiratório na própria unidade e se recuperam sob os cuidados e monitoramento da equipe de saúde da Semus.

Também foi adotado na Unis Norte um plano de medidas mais restritivas para minimizar os riscos de contágio. “O novo protocolo inclui adaptações na jornada pedagógica dos adolescentes, como a suspensão de oficinas e atividades em grupo, além de novos critérios para utilização dos materiais pedagógicos, como livros e jogos educativos”, disse o Iases, por nota.

Testagem nas unidades de internação
Testagem nas unidades de internação. Crédito: Iases - Dados de 25.06.2020

O segundo maior volume de testes para o novo coronavírus foi realizado na Unis de Cariacica, na Região Metropolitana. Foram testados 29 jovens, dos quais 6 apresentaram resultado positivo para a doença. Outros cinco deram negativo e 15 ainda estão em análise. Outros três tiveram liberação médica.

Das 13 unidades de internação do Iases, onde estão internados cerca de 580 jovens,  em nove foram  realizados os testes,   onde   140 socioeducandos  passaram por exames para verificar a contaminação pelo novo coronavírus.

O resultado apontou que 37 contraíram a doença, dos quais 11 já se recuperaram e 26 ainda estão em isolamento. Há ainda 20 exames que aguardam o resultado. Além disso,  79 socioeducandos negativaram para a Covid-19, sendo que quatro deles já tiveram a liberação médica.

Segundo o Iases, foi adotado o protocolo de testagem estabelecido pela Secretaria de Saúde (Sesa) e seguido pelas secretarias municipais. “Não há registro de contaminação pelo novo Coronavírus entre adolescentes (Covid-19) das unidades do Sul do Estado. Na Grande Vitória, dos sete adolescentes que testaram positivo, seis já estão curados e retornaram ao convívio na unidade, apenas um ainda se recupera em isolamento respiratório e está assintomático”, informou.

Testagem nas unidades de internação
Testagem nas unidades de internação. Crédito: Iases - Dados de 25.06.2020

DOENÇA ATINGE SERVIDORES

A Covid-19 também atingiu os servidores que atuam nas unidades de internação. Segundo o Iases, 198 deles foram testados e 95 apresentaram resultado positivo para a doença. Há ainda 61 casos que estão em análise.  Foi ainda registrada a morte de um servidor.

Em relação aos servidores, o Iases destacou que também que disponibilizou  máscaras de proteção, de uso obrigatório nas unidades socioeducativas, além de luvas e álcool em gel. O uso de máscaras pelos adolescentes também foi adotado como medida de prevenção e o material está sendo distribuído em todas as unidades do Estado.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.