ASSINE

Treinamento da PM causou barulhos de explosão em Jardim Camburi

A Polícia Militar informou que o treinamento foi realizado no Parque Botânico da Vale nesta quarta-feira (14); barulhos chamaram a atenção dos moradores

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 14/07/2021 às 22h27
Treinamento da Polícia Militar causou barulhos em Jardim Camburi nesta quarta (14)
Treinamento da Polícia Militar causou barulhos em Jardim Camburi nesta quarta (14). Crédito: Divulgação/PMES

Moradores de Jardim Camburi, em Vitória, se assustaram com barulhos similares a explosões durante a tarde desta quarta-feira (14). O que aconteceu, porém, foi um treinamento da Polícia Militar, realizado no Parque Botânico da Vale em parceria com a empresa. Segundo a corporação, "alguns barulhos não rotineiros foram causados e puderam ser escutados na região".

A Polícia Militar divulgou que o evento será realizado em dois dias e conta com palestras e instruções temáticas. As oficinas têm o objetivo de motivar e aprimorar as percepções intelectuais dos militares, conforme informado pela corporação. Entre os temas abordados estão Técnicas e Tecnologias Não-letais, Abordagem a Veículos, Armamento e Equipamento Policial, Procedimentos de Fiscalização de Trânsito, entre outros.

Nesta quarta-feira, as atividades tiveram início às 8h30 e foram debatidos assuntos como dicas para driblar a crise atual, atenuar o estresse, fortalecer as relações interpessoais, identificar opções para resolução de problemas e outras pautas. Para o major Gustavo de Souza Alves Tononi, comandante da 12ª companhia independente, o treinamento ajuda os militares a encarar os desafios diários da profissão.

"O ciclo de instrução é um projeto da Gestão Estratégica do Comando de Cia e tem por escopo levar conhecimento acadêmico e principalmente o profissional ao efetivo. Quando melhores instruídos, os militares sentem que o desafio diário se torna mais leve e dinâmico, além de fazer com que os valores e preceitos institucionais do binômio capitação-resposta operacional seja linear e em tempo real", disse.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.