ASSINE

Regras para o Enem 2020: o que você precisa saber sobre os dias de provas

Nesta edição,  exame terá versões impressa e digital, uso de máscara será obrigatório e candidatos poderão reagendar a prova em determinadas situações; confira

Vitória
Publicado em 11/01/2021 às 13h19
Atualizado em 13/01/2021 às 11h55
Divulgado edital com as regras da realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 impresso
Divulgado edital com as regras da realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 impresso. Crédito: Futura Press/Folhapress

Atualização

13 de Janeiro de 2021 às 11:40

Após a publicação desta matéria, o Inep antecipou o horário de abertura dos portões para evitar aglomeração de estudantes na entrada da prova. O acesso dos estudantes aos locais de exame será permitido a partir das 11h30. O texto foi atualizado. 

Falta menos de uma semana para o início do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, quando aproximadamente 5,7 milhões de candidatos devem realizar as provas. Nessa edição, o vestibular acontecerá de forma atípica: além de ter sido remarcado para janeiro- em geral acontece no final do ano -, terá versões impressa e digital. 

O motivo é a pandemia do novo coronavírus, que implicou também em outras regras, inclusive quanto ao estado de saúde dos estudantes. Não será permitido, por exemplo, o acesso de candidatos sem máscara ao local de prova, conforme esclarece o  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação.

Além disso, aqueles que tiverem sido diagnosticados com doenças infectocontagiosas, como a Covid-19, não devem comparecer para o exame presencial. Nesses casos, o candidato, deverá informar ao Inep sobre o diagnóstico, desde que comprovado, e tentar uma reaplicação da prova em data posterior.

REGRAS GERAIS

Data da prova

  • Impressa: 17/01 (domingo) e 24/01 (domingo).
  • Digital: 31/01 (domingo) e 07/02 (domingo).

Horários

  • Abertura dos portões: 11h30.
  • Fechamento dos portões: 13 horas. Não será permitida a entrada após esse horário.
  • Início das provas: 13h30.

O que levar no dia da prova

  • Documento de identificação com foto válido: RG; identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados; Carteira de Registro Nacional Migratório, Documento Provisório de Registro Nacional Migratório, identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;  passaporte; Carteira Nacional de Habilitação; ou Carteira de Trabalho e Previdência Social emitida após 27 de janeiro de 1997.
  • Caneta: deverá ter tinta preta e corpo em material transparente.
  • Máscara: não será permitido o acesso ao local de prova sem ela. O candidato poderá levar mais de uma máscara para uso, mas só poderá retirá-la quando for se alimentar ou beber água.
  • Cartão de inscrição: é recomendado que o participante o leve nos dois dias de aplicação do exame.

Local de prova

  • O local de prova do participante foi informado no Cartão de Confirmação da Inscrição, que está disponível na página do participante  e no aplicativo oficial do Enem.
  • O Cartão de Confirmação dos participantes que optaram por realizar a versão digital do exame estará disponível a partir do dia 15 de janeiro. Vale lembrar que as provas não serão feitas em casa. Os candidatos que fizeram a opção por esse método de avaliação terão que se deslocar até os locais da prova, que são laboratórios de informática previamente selecionados pelo Inep.

Candidata consegue entrar no último instante para a prova do Enem 2019
Candidata conseguiu entrar no último instante para a prova do Enem 2019. Crédito: Carlos Alberto Silva

Tempo de prova

  • No primeiro dia do exame, a aplicação da prova terá 5h30 de duração, contadas a partir da autorização do aplicador para o início da prova. 
  • No segundo dia, a duração será de 5h, contadas a partir da autorização do aplicador para o início da prova.

OBS.: Todas as salas terão um marcador para acompanhamento do tempo de prova.

TIPO DE PROVAS

Embora as datas sejam diferentes a depender da opção feita pelo candidato, seja na versão impressa ou digital, as provas seguirão o mesmo formato adotado nos anos anteriores. Serão 45 questões objetivas de cada área, totalizando 180 perguntas, além de uma redação. Elas serão divididas da seguinte maneira:

  • 1º dia de prova: 45 questões de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias (língua portuguesa, literatura, língua estrangeira, artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação), 45 questões de Ciências Humanas e Suas Tecnologias (história, geografia, filosofia e sociologia) e Redação.
  • 2º dia:  45 questões de Ciências da Natureza e Suas Tecnologias (química, física e biologia) e 45 questões de Matemática e Suas Tecnologias.

OBS.: Vale destacar que ainda que o estudante vá fazer a prova digital, a prova de redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes do Enem tradicional.

O QUE FAZER EM CASO DE SINTOMAS DE DOENÇA INFECTOCONTAGIOSA

Candidatos que estiverem diagnosticados com doenças infectocontagiosas na data da aplicação do Enem poderão fazer a prova posteriormente, nos dias 23 e 24 de fevereiro.  Para isso, deverão acessar a página do participante e enviar uma cópia do laudo médico que comprove a doença até a data anterior da prova. Se a confirmação da doença ocorrer no dia da prova, além de enviar o laudo médico, o estudante deverá ligar no número 0800 616161 e relatar a condição. A ligação é gratuita.

São consideradas doenças para fins de reaplicação da prova: coqueluche, difteria, doença invasiva por Iaemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela e Covid-19.

PROBLEMAS LOGÍSTICOS

Além de candidatos contaminados por doença infectocontagiosa, participantes afetados por problemas logísticos durante a aplicação também poderão solicitar a reaplicação do exame em até cinco dias após o último dia de aplicação, na página do participante. Os casos serão julgados, individualmente, pelo Inep.

São considerados problemas logísticos, para fins de reaplicação fatores supervenientes, peculiares, eventuais ou de força maior, como: desastres naturais (que prejudiquem a aplicação do exame devido ao comprometimento da infraestrutura do local), falta de energia elétrica, falha no dispositivo eletrônico fornecido ao participante ou erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que incorra em comprovado prejuízo ao participante.

REGRAS QUE ELIMINAM CANDIDATOS

Será eliminado do Enem 2020 impresso, a qualquer momento e sem prejuízo de demais penalidades previstas em lei, o participante que:

  1. 01

    Informações falsas

    Prestar, em qualquer documento e/ou no sistema de inscrição, declaração falsa ou inexata.

  2. 02

    Sem documento

    Permanecer no local de provas sem documento de identificação válido.

  3. 03

    Perturbação da ordem

    Perturbar, de qualquer modo, a ordem no local de aplicação das provas.

  4. 04

    Comunicação

    Comunicar-se ou tentar comunicar-se verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma, com qualquer pessoa que não seja o aplicador ou o fiscal, a partir das 13h (horário de Brasília).

  5. 05

    Fraude

    Utilizar ou tentar utilizar meio fraudulento em benefício próprio ou de terceiros em qualquer etapa do exame.

  6. 06

    Cola

    Utilizar livros, notas, papéis ou impressos durante a aplicação do exame. Ou Receber, de qualquer pessoa, informações referentes ao conteúdo das provas.                     

  7. 07

    Divulgação

    Registrar ou divulgar, por imagem ou som, a realização da prova ou qualquer material utilizado no exame.

  8. 08

    Drogas

    Levar e/ou ingerir bebidas alcoólicas e/ou utilizar drogas ilícitas na sala de provas.

  9. 09

    Ausência

    Ausentar-se da sala de provas, a partir das 13h, sem o acompanhamento de um fiscal, ou ausentar-se da sala de provas, em definitivo, antes de decorridas duas horas do início das provas.

  10. 10

    Vistoria

    Recusar-se, injustificadamente, a qualquer momento, a: ter os artigos religiosos, como burca, quipá e outros, vistoriados pelo coordenador; ser submetido a revista eletrônica; ser submetido a coleta de dado biométrico; ter objetos vistoriados eletronicamente; e ter o lanche vistoriado pelo aplicador. Ou não permitir que os materiais próprios, como máquina de escrever em braile, lâmina overlay, reglete, punção, sorobã ou cubaritmo, caneta de ponta grossa, tiposcópio, assinador, óculos especiais, lupa, telelupa, luminária, tábuas de apoio, multiplano, plano inclinado, sejam vistoriados pelo aplicador, exceto o cão-guia, o medidor de glicose e a bomba de insulina.

  11. 11

    Procedimento de segurança

    Não aguardar na sala de provas, das 13h às 13h30, para procedimentos de segurança, exceto para ida ao banheiro, acompanhada por um fiscal.

  12. 12

    Início da prova

    Iniciar as provas antes das 13h30 (horário de Brasília) ou antes da autorização do aplicador.

  13. 13

    Boné, caneta e óculos escuros

    Portar, fora do envelope porta-objetos fornecido pelo aplicador, ao ingressar na sala de provas, Declaração de Comparecimento impressa; óculos escuros e artigos de chapelaria, como boné, chapéu, viseira, gorro ou similares; caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos, livros, manuais, impressos, anotações; protetor auricular, relógio de qualquer tipo, e quaisquer dispositivos eletrônicos, como telefones celulares, smartphones, tablets, wearable tech, máquinas calculadoras, agendas eletrônicas e/ou similares, ipods, gravadores, pen drive, mp3 e/ou similares; alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico; fones de ouvido e/ou qualquer transmissor, gravador e/ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens e quaisquer outros materiais estranhos à realização da prova.

  14. 14

    Armas

    Portar armas de qualquer espécie, exceto para os casos previstos no art. 6º da Lei n.º 10.826, de 2003.

  15. 15

    Identificação

    Recusar-se, injustificadamente, a realizar a identificação especial.

  16. 16

    Celular desligado

    Não mantiver aparelhos eletrônicos, como celular, desligados no envelope porta-objetos lacrado e identificado, desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva da sala de provas. Se o aparelho eletrônico, ainda que dentro do envelope porta-objetos, emitir qualquer tipo de som, como toque ou alarme, o participante será eliminado do exame.

  17. 17

    Anotações

    Realizar anotações no Caderno de Questões, no Cartão-Resposta, na Folha de Redação, na Folha de Rascunho e nos demais documentos do exame antes de autorizado o início das provas pelo aplicador.  Ou realizar anotações em outros objetos ou qualquer documento que não seja o Cartão-Resposta, o Caderno de Questões, a Folha de Redação e a Folha de Rascunho.

  18. 18

    Levar Cartão-Resposta

    Ausentar-se da sala com o Cartão-Resposta ou qualquer material de aplicação, com exceção do Caderno de Questões, ao deixar em definitivo a sala de provas nos 30 minutos que antecedem o término do exame. Ou não entregar ao aplicador, ao terminar as provas, o Cartão-Resposta, a Folha de Redação e/ou a Folha de Rascunho. Ou recusar-se a entregar ao aplicador o Cartão-Resposta, a Folha de Redação e/ou a Folha de Rascunho após decorridas 5 horas e 30 minutos de provas no primeiro dia e 5 horas de provas no segundo dia, salvo nas salas com tempo adicional.

  19. 19

    Caderno de Questões

    Não entregar ao aplicador o Caderno de Questões, exceto se deixar em definitivo a sala de provas nos 30 minutos que antecedem o término das provas.

  20. 20

    Máscara

    A máscara de proteção facial será item obrigatório nesta edição do Enem. Quem não estiver de máscara não poderá fazer a prova. Dentro de sala, os estudantes deverão permanecer com a máscara durante toda a realização do exame. O edital prevê que a máscara deve ser usada da maneira correta, cobrindo o nariz e a boca. Caso isso não seja feito, o participante será eliminado. Os candidatos poderão levar máscaras para trocar durante a aplicação, seguindo a recomendação de especialistas da área de saúde.

Educação Enem MEC Inep Pandemia

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.