ASSINE

Picos, vales e cachoeiras: as belezas do Parque Nacional do Caparaó

Um dos pontos turísticos mais importantes do Espírito Santo completa 60 anos nesta segunda-feira (24). Confira os principais atrativos do parque, que fica na divisa com Minas Gerais

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 24/05/2021 às 15h30
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó. Crédito: Divulgação prefeitura de Alto Caparaó

Localizado na Serra do Caparaó, na divisa dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, está um dos pontos turísticos mais importantes da Região Sul: o Parque Nacional do Caparaó. O lugar, que abriga uma beleza exuberante em meio ao famoso Pico da Bandeira, completa 60 anos de criação nesta segunda-feira (24).

O parque foi oficialmente criado por um decreto assinado pelo então presidente Jânio Quadros, com o objetivo de preservar o meio ambiente e proporcionar o ecoturismo, e abrange cinco municípios no lado capixaba e quatro cidades no lado mineiro em um território com cerca de 31,8 mil hectares. Cerca de 80% do Parque Nacional do Caparaó está no Espírito Santo. O local é uma das mais representativas áreas de preservação da Mata Atlântica em território capixaba, segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra o parque.

No meio da mata nascem mais de 15 afluentes do Rio Itapemirim, que abastecem também a Bacia do Rio Itabapoana e o Rio Doce. Entre a abundância da natureza, belas cachoeiras, montanhas e vales fazem parte dos principais atrativos turísticos do local.

Em comemoração aos 60 anos do parque, a partir desta segunda-feira a visitação ao Pico da Bandeira foi reaberta pela portaria de Alto Caparaó, em Minas Gerais. Por conta da pandemia, o acesso a alguns pontos é permitido, mas há restrições – como o uso obrigatório de máscara de proteção facial no parque.

Segundo a administração do local, o limite diário para visitação é de 80 pessoas, de forma flutuante. Às quartas-feiras a unidade fica fechada para manutenção. Estão permitidos os acessos aos atrativos: Casa Fria, Macieira, Cachoeira dos Sete Pilões e Cachoeira do Aurélio (incluindo o Mirante do Aurélio). Os demais atrativos permanecem fechados à visitação (inclusive camping). Atualmente, a cobrança de ingresso para entrar no parque está suspensa.

VALE VERDE

Com cerca de mil metros de altitude e distante 800 metros da portaria de Alto Caparaó, município de Minas Gerais, o Vale Verde é formado pelo rio Caparaó e mata ciliar ao redor. O local possui piscinas naturais e cachoeiras de rara beleza, além de trilha e mirante em meio à mata atlântica preservada. O atrativo conta ainda com sanitários, churrasqueiras e área para piquenique.

Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó

Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó. Divulgação/ Prefeitura de Alto Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó. Divulgação/ Prefeitura de Alto Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó. Divulgação/ Prefeitura de Alto Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó. Divulgação/ Prefeitura de Alto Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó
Vale verde é um dos atrativos do Parque Nacional do Caparaó

CACHOEIRA BONITA

Formada pelo rio José Pedro, com acesso pela portaria de Alto Caparaó, a Cachoeira Bonita está localizada perto do acampamento da Tronqueira. Com queda de 80 metros e piscina natural, seu acesso é feito por trilha de 300 metros que passa por mirante com vista para a cachoeira. Por conta do acesso fácil, é um dos pontos mais visitados do parque, tanto pelas pessoas que acampam na Tronqueira quanto pelos visitantes de um dia. 

Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural

Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural. Jesse Narde/ Prefeitura de Alto Caparaó
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural. Rodigo Carmin/Prefeitura de Alto Caparaó
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural. Prefeitura de Alto Caparaó
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural. Igor Tibiri/ Prefeitura de Alto Caparaó
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural
Cachoeira Bonita Possui queda de 80 metros e piscina natural

VALE ENCANTADO

O Vale Encantado fica próximo ao acampamento da Tronqueira e é formado pelo rio José Pedro, um divisor natural dos Estados do Espírito Santo e Minas Gerais. Seu acesso é feito por trilha de cerca de 500 metros a partir da Tronqueira. Possui diversas corredeiras, cachoeiras e piscinas naturais.

Vale encantado é atração do Parque Nacional do Caparaó

Vale Encantado
Vale encantado é atração do Parque Nacional do Caparaó . Talita Gomes/Divulgação prefeitura de Alto Caparaó
Vale Encantado
Vale encantado é atração do Parque Nacional do Caparaó . Divulgação prefeitura de Alto Caparaó
Vale Encantado
Vale encantado é atração do Parque Nacional do Caparaó . Divulgação prefeitura de Alto Caparaó
Vale Encantado
Vale encantado é atração do Parque Nacional do Caparaó . Talita Gomes/Divulgação prefeitura de Alto Caparaó
Vale encantado é atração do Parque Nacional do Caparaó 
Vale encantado é atração do Parque Nacional do Caparaó 
Vale encantado é atração do Parque Nacional do Caparaó 
Vale encantado é atração do Parque Nacional do Caparaó 

CACHOEIRA DO AURÉLIO

Formada pelo rio São Domingos, a Cachoeira do Aurélio possui diversas quedas d'água. Seu acesso é feito pela Portaria Pedra Menina, em Dores do Rio Preto, e fica localizada próximo ao acampamento da Macieira. Para chegar até ela é necessário caminhar por uma trilha de um quilômetro.

Cachoeira do Aurélio, no Parque Nacional do Caparaó
Cachoeira do Aurélio, no Parque Nacional do Caparaó . Crédito: Divulgação/ ICMBio

Segundo o ICMBio, o local recebe usualmente os visitantes que acampam na área da Macieira, além de visitantes de um dia. Nesse caso, a atividade recreativa realizada é a caminhada já que a área não é área apropriada para banhos (difícil acesso), apenas para observação da paisagem.

CACHOEIRA DOS SETE PILÕES

Formada por corredeiras no rio São Domingos, com acesso pela portaria de Pedra Menina, a Cachoeira dos Sete Pilões fica a 200 metros do acampamento Macieira e apresenta belas piscinas naturais.

Cachoeira dos Sete Pilões tem belas piscinas naturais
Cachoeira dos Sete Pilões tem belas piscinas naturais. Crédito: Setur/ Minas Gerais

PICO DA BANDEIRA

O Pico da Bandeira é o principal atrativo do parque e é o terceiro pico mais alto do Brasil, com 2.892 metros de altitude. Até o cume, são 6,9 km de caminhada a partir da Tronqueira pela portaria de Alto Caparaó, sendo 3,7 km até o Terreirão e 3,2 km até o Pico. Pela Portaria de Pedra Menina, são 4,2 km de trilhas a partir do acampamento Casa Queimada.

Em julho de 2017, o Pico da Bandeira amanheceu completamente congelado
Em julho de 2017, o Pico da Bandeira amanheceu completamente congelado. Crédito: Sairo Guedes

O local é frequentado especialmente nos meses mais frios e secos do ano. A principal atividade é a subida durante a noite e madrugada para ver o nascer do sol. O período preferencial é o da lua cheia, no mês de julho. A trilha é delimitada e rusticamente sinalizada, através de setas pintadas em tinta amarela nas rochas, além de estacas de madeira também com a parte superior pintada em amarelo, ao longo do caminho indicando o trajeto.

Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó

Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó. Divulgação prefeitura de Alto Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó. Divulgação prefeitura de Alto Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó. Divulgação prefeitura de Alto Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó. Jr. Scoralich/ Divulgação prefeitura de Alto Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó. Divulgação prefeitura de Alto Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó. Divulgação prefeitura de Alto Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó
Pico da Bandeira é a atração mais visitada do Parque Nacional do Caparaó

PICO DO CRISTAL

Pico do Cristal, no PAR
Pico do Cristal, no Parque nacional do Caparaó. Crédito: Trilheiros.net/ Divulgação prefeitura de Alto Caparaó

Com 2.770 metros de altitude, o Pico do Cristal ocupa o quinto lugar dentre os picos mais altos do país e destaca-se na Serra do Caparaó por sua forma e beleza. O local recebe este nome por conta de suas abundantes formações rochosas de quartzo. A vegetação é formada basicamente por bromélias e lírios sobre as rochas. 

Apesar da beleza, o caminho até lá possui brejos e lajes de pedra íngremes e lisas de acesso difícil e bastante perigoso. É visitado por excursionistas mais experientes devido à não marcação do local e também à dificuldade do trajeto final.

PEDRA DUAS IRMÃS

Pedra Duas Irmãs é umas das atrações do Parque
Pedra Duas Irmãs é umas das atrações do Parque . Crédito: Divulgação/ Pousada Vale do Caparaó

Maciço rochoso com cume de 2,6 mil metros de altitude, a Pedra Duas Irmãs está localizada nas proximidades do acampamento da Casa Queimada. A partir da entrada de Pedra Menina do parque, o local fica a cerca de 60 km da sede do Parque em Alto Caparaó, em Minas Gerais. Seu nome provém do formato da montanha, subdividido em duas metades de aspecto muito semelhante. A vegetação local é formada por campos de altitude com grande incidência de gramíneas e bromélias.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.