ASSINE

O que fazer com o celular velho, que está "largado" na gaveta?

Gilberto Sudré, comentarista do quadro CBN e a Tecnologia, da CBN Vitória, dá ideias para você aproveitar até os últimos "minutos de vida" as funcionalidades do aparelho

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 08/10/2021 às 16h58
Pessoa usando o celular
Especialista explica o que fazer com celular antigo que teoricamente seria descartado. Crédito: Freepik

Com a criação de novas tecnologias, os fabricantes lançam celulares quase todos os meses e, com isso, os usuários vão trocando de smartphone por conta das novas funcionalidades. Após a compra de um novo aparelho, vem sempre a dúvida na cabeça do consumidor: o que fazer com dispositivo antigo que teoricamente seria descartado? Vender, doar ou reciclar um equipamento que não vai mais ser usado são algumas opções que vêm à mente, mas, com criatividade, novas aplicações e serventias podem surgir, dando nova vida ao produto fora de uso. 

O aproveitamento do aparelho também ajuda na redução de acúmulo do lixo eletrônico, problema que tem crescido cada vez mais a partir da "obsolescência programada", situação em que um produto já sai das fábricas com a predisposição de se tornar obsoleto, ou seja, sem a sua serventia inicial. 

Em entrevista à CBN Vitória, o comentarista do quadro CBN e a Tecnologia, Gilberto Sudré, pontua algumas ideias para você aproveitar até os últimos minutos de vida do aparelho.  Confira a entrevista na íntegra e as dicas do especialista.

  1. 01

    Transforme-o em um reprodutor de mídias

    De acordo com o especialista, o aparelho- quando ainda em perfeito uso- pode se tornar um dispositivo para reproduzir mídias como: músicas, rádio e até mesmo filmes e séries nas plataformas de streaming. "Dessa forma você transforma em um dispositivo alto-falante e evita muitas vezes de gastar a bateria do seu celular novo". 

  2. 02

    Tornar o aparelho uma câmera de vigilância

    Atualmente, segundo o especialista, existem aplicativos, como, por exemplo, o batizado de "AlfredCamera", que possibilita transformar a câmera do celular em câmera de vigilância que pode monitorar qualquer ambiente em tempo real. "Para isso, basta que os dois aparelhos estejam conectados em uma conta Google, onde serão sincronizados", descreve. 

  3. 03

    Controle remoto para a televisão

    Segundo o especialista, eletrodomésticos inteligentes, bibliotecas de música, televisões conectadas à internet podem ser controladas por aplicativos. "Temos uma infinidade de aplicativos que também podem conectar diretamente na televisão, gerando uma nova função para ele", destaca. 

  4. 04

    Memória interna, como um HD Externo

    Gilberto também lembra que, no caso de aplicativos que ainda possuem um bom sistema de armazenamento, pode ser utilizá-lo como uma espécie de HD externo para guardar arquivos como fotos e documentos. "A partir disso você libera espaço no seu novo celular e não se preocupa tão cedo com uma memória cheia", ressalta. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Tecnologia cbn cotidiano Celular

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.