ASSINE

Conheça 6 aplicativos para ter mais privacidade no seu celular

Especialista explica que, no mundo virtual, há uma série de informações coletadas e o destino desse conteúdo nem sempre é bem definido nos termos gerais

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 01/09/2021 às 16h28
Redes sociais no celular
Muita gente não tem consciência, mas informações pessoais correm perigo no mundo digital . Crédito: Divulgação/ Pixabay

O celular nos acompanha em praticamente todos os momentos do dia, mas, apesar da grande utilidade, ele pode ser uma porta para a invasão da sua privacidade. Em cada um dos aplicativos ou páginas acessadas na internet, há uma série de informações coletadas e o destino desse conteúdo nem sempre é bem definido nos termos gerais.

Considerando essas informações e, diante das queixas e preocupações de usuários do mundo digital, aplicativos foram desenvolvidos com o foco de garantir privacidade e podem até mesmo substituir ferramentas utilizadas com frequência no dia a dia, como aplicativos de mensagens e de GPS e navegadores de internet.

Em entrevista à CBN Vitória, o comentarista do quadro CBN e a Tecnologia, Gilberto Sudré, pontua alguns aplicativos capazes de proteger os seus dados e a sua privacidade no smartphone. Quer saber quais são e como eles funcionam? Confira a entrevista na íntegra e as dicas do especialista.

CONFIRA ALGUNS APLICATIVOS PARA TER PRIVACIDADE NO CELULAR: 

  1. 01

    SIGNAL

    É um aplicativo de mensagens instantâneas com foco na privacidade: possui uma plataforma de código aberto e criptografia em todas as conversas e chamadas de vídeo. "Esse aplicativo é gratuito e existe em versões para Android e iOS, considerado bem mais seguro do que o tradicional WhatsApp", descreve Sudré.

  2. 02

    Brave

    Pouco conhecido no mundo digital, o Brave é um navegador de internet que promete privacidade e segurança on-line, bloqueando anúncios e rastreadores de sites. "Ele não coleta dados de informações ou monitoramentos de usuários, como comumente faz o Google Chrome", afirma o especialista.                      

  3. 03

    DuckDuckGo

    De acordo com Gilberto Sudré, o DuckDuckGo é um portal de buscas gratuito. "Um dos seus diferenciais é a característica de não guardar o histórico de busca e pesquisas na internet, além de não possuir rastreadores", explica. O portal pode ser acessado por meio de dispositivos móveis e computadores. 

  4. 04

    Jitsi Meet

    Durante a pandemia do novo coronavírus, foi popularizada a utilização de aplicativos de reuniões on-line como opção de encontro virtual. Diante das variadas possibilidades, uma opção, segundo o especialista, é o Jitsi Meet, que possibilita a criação de uma sala para conversas que comportam até 100 pessoas simultaneamente. "O melhor é que não é necessário criar um cadastro para utilizar o aplicativo. Desta forma, não há o compartilhamento de informações", destaca Sudré. 

  5. 05

    ProtonMail

    O especialista explica que muitas pessoas ficam preocupadas com uma possível invasão à privacidade em e-mails, por isso, uma solução é o ProtonMail. "Ele é um serviço de correio eletrônico criptografado, mas as mensagens que são enviadas para outros e-mails, são protegidas por um padrão OpenPGP, utilizado pela plataforma". 

  6. 06

    OsmAnd Maps

    É um aplicativo de mapa que promete não vender a sua localização para terceiro ou utilizar as suas informações durante a utilização do aplicativo. "Esse aplicativo utiliza a base de dados do OpenStreetMap, um sistema de mapas em código aberto atualizado frequentemente pela comunidade", pontua o especialista. 

Gilberto Sudré finaliza explicando que aplicativos que prometem mais privacidade também costumam evitar que o usuário receba "mensagens indesejáveis", como de anúncios publicitários, sugestões de compra de roupas e de aparelhos eletrônicos e downloads de programas.

Este vídeo pode te interessar

"Mesmo sendo formas de chamar a atenção para novas compras, esses anúncios se tornam incômodos quando são muito frequentes, principalmente após o acesso a sites que repetem produtos visualizados poucos momentos antes", finaliza. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Segurança Pública Tecnologia cbn cotidiano Celular

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.