ASSINE

Na puxada de rede: mais de 2 toneladas de pescada amarela, em Itapemirim

Vídeo mostra pescadores impressionados com a quantidade. Precisou da força de 12 homens para retirar os 2,3 mil quilos de peixe da água

Publicado em 01/12/2020 às 19h41
Arrastão pesca 2,3 mil quilos de peixe em Itapemirim
Arrastão pesca 2,3 mil quilos de peixe em Itapemirim. Crédito: Reprodução/ Redes sociais

Uma pescaria de arrasto conseguiu capturar 2,3 mil quilos de peixe da espécie pescada amarela em Itapemirim, Litoral Sul do Espírito Santo. A quantidade deixou os pescadores admirados na manhã dessa segunda-feira (30). Todo o produto, segundo o pescador Manoel Carvalho de Oliveira, de 68 anos, já foi vendido ao mercado local.

Há 40 anos vivendo da pesca, o senhor Manoel conta que não via a espécie sendo pescada nesta quantidade há muito tempo. “Já pesquei até mais que isso, mas já tem mais de quatro anos que não via nesta quantidade. Foi até raro”, conta o pescador. Veja o vídeo:

Manoel contou que a rede é deixada no mar por volta das 4h e retirada logo pela manhã. Precisou da força de 12 homens para retirar as duas toneladas de peixe da água. O quilo da espécie pescada é vendida por R$ 17 no mercado regional.

Segundo a prefeitura de Itapemirim, a pescada amarela está entre as mais comuns no litoral brasileiro e não há período de defeso estabelecido para a pesca desta espécie. Quanto à atividade, a pesca de arrasto artesanal é das mais tradicionais do município e não há proibição quanto a sua prática, apenas normas que definem o emalhe da rede que deve ser usada na atividade.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.