Governo e prefeituras criam comitê para retorno às aulas em fevereiro no ES

A determinação do comitê partiu do governo estadual durante uma reunião com prefeitos e secretários de saúde de 16 municípios do Estado, na tarde desta terça-feira (05)

Vitória
Publicado em 05/01/2021 às 17h34
Atualizado em 05/01/2021 às 22h47
Volta às aulas nas escolas de nível fundamental - Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Major Alfredo Pedro Rabaioli, no bairro Mário Cypreste, em Vitória
Volta às aulas nas escolas de nível fundamental. Crédito: Fernando Madeira

Governo do Estado, a Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes) e o Ministério Público Estadual (MPES) vão criar um comitê para planejar a retomada de aulas das redes municipais e estaduais em fevereiro. As aulas foram suspensas em março de 2020 devido à pandemia.

A determinação partiu do governador Renato Casagrande durante uma reunião on-line, na tarde desta terça-feira (05), com prefeitos e secretários municipais de saúde de 16 cidades: Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana, Fundão, Anchieta, Itapemirim, Aracruz, Linhares, Conceição da Barra, São Mateus, Guarapari, Piúma, Marataízes e Presidente Kennedy.

O secretário de Saúde do Estado, Nésio Fernandes, também participou do evento que visava reunir esforços para o enfrentamento da pandemia. 

Durante a reunião, o governador falou sobre a importância dos municípios cumprirem os decretos estaduais e da manutenção de pessoas com sintomas em isolamento, com intuito de  interromper a cadeia de transmissão do vírus.  

"Houve a orientação sobre a criação de grupos de observação de saúde e comando operacional de acompanhamento da pandemia em cada cidade,  assim como atenção básica e testagem. Também foi determinada a criação do comitê - formado por  representantes do Ministério Púbico, Corpo de Bombeiros, Sesa, Sedu e prefeitos - para que sejam discutidos os protocolos e estruturação das escolas para a volta às aulas do ano letivo de 2021", descreveu o presidente da Amunes, Gilson Daniel. 

Casagrande se reuniu on-line com prefeitos e secretários de saúde municipais
Casagrande se reuniu com prefeitos. Crédito: Rodrigo Araújo/Governo do ES

APRESENTAÇÃO

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Cerqueira, apresentou aos prefeitos a metodologia da Matriz de Risco, responsável pela classificação de cada município e que é atualizada semanalmente.  Também foi apresentado a forma de trabalho do Laboratório Central de Saúde Pública do Espírito Santo (Lacen), além da dinâmica da Sala de Situação, de onde são geradas as medidas de combate à proliferação do vírus. 

Entre os participantes da reunião virtual estava a secretária de Saúde da Capital, Thais Cohen,  uma das pessoas novatas nos cargo de gestão de saúde municipal. "A prioridade é o enfrentamento da Covid. Ela está presente em grande volume nos atendimentos. Estamos sempre fortalecendo ao serviço de saúde para que todo paciente tenha assistência e seja monitorado para que tenha segurança em seu domicílio para captação precoce de piora de quadro, consequentemente,  há uma redução na mortalidade", pontuou. 

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.