ASSINE

Filhotes de cachorro abandonados em unidade da PM no ES são adotados

Os quatro animais, que foram deixados dentro de uma caixa em Cachoeiro, ganharam novos donos após o caso ser divulgado

Cachoeiro
Publicado em 15/01/2021 às 10h58
Atualizado em 15/01/2021 às 10h58
Os quatro animais que foram deixados em uma caixa ganharam novos donos
Filhotes de cachorro abandonados em unidade da PM de Cachoeiro são adotados. Crédito: Reprodução/TV Gazeta Sul

As adoções foram realizadas um dia após o abandono. Um dos novos donos é o motoboy Erisson Amorim, que escolheu dois cachorrinhos, para a alegria da família. “Vou levar esses dois cachorrinhos pra gente. Um é pra mim e outro para o meu irmão. Eu tenho um casal de filhos e eles vão adorar, cuidar com carinho e amor”, disse.

Os quatro animais que foram deixados em uma caixa ganharam novos donos
Motoboy Erisson Amorim, que levou dois cachorrinhos para a casa. Crédito: Reprodução/TV Gazeta Sul

Os outros dois filhotes também já estão em novos lares. A Polícia Militar ressalta que abandonar ou maltratar animais é crime com pena de até cinco anos de prisão.

Os quatro animais que foram deixados em uma caixa ganharam novos donos
Filhotes de cachorro abandonados em unidade da PM de Cachoeiro são adotados. Crédito: Reprodução/TV Gazeta Sul

Após a grande repercussão do caso dos cachorrinhos deixados na companhia, a Polícia Militar disse que tem recebido muitas ligações de pessoas interessadas em deixar animais na unidade, mas eles ressaltam que a polícia não presta esse tipo de serviço, por isso, não devem ser deixados animais em unidades policiais.

Os animais foram deixados em uma caixa e enquanto aguardam novos donos, são alimentados pelos policiais
Filhotes de cachorro são abandonados em companhia da PM em Cachoeiro e são colocados para adoção. Crédito: Polícia Militar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.