ASSINE

Escada desaba, mata garoto e fere pai em bairro da Serra

A tragédia aconteceu na noite desta sexta-feira (24) no bairro Balneário de Carapebus, na Serra. O pai da criança, um serralheiro, foi socorrido para Hospital Estadual de Urgência e Emergência (Heue), em Vitória

Publicado em 25/09/2021 às 12h22
Caíque de Jesus morre após escada desabar em Balneário de Carapebus, na Serra
Caíque de Jesus morreu após escada desabar em Balneário de Carapebus, na Serra. Crédito: Arquivo pessoal

Um garoto de 11 anos morreu após uma escada desabar no bairro Balneário de Carapebus, na Serra. Caíque de Jesus não resistiu aos ferimentos. Quando a tragédia ocorreu, na noite desta sexta-feira (24), o menino estava ao lado do pai,  um serralheiro que foi socorrido para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (Heue), em Vitória.

O socorro foi prestado pelo Corpo de Bombeiros. Duas viaturas estiveram no local para o atendimento da ocorrência, segundo informou a Corporação em seu Twitter. Nas imagens do salvamento o pai da criança aparece batendo palmas, agradecendo pela ajuda. Naquele momento ele ainda não sabia que o filho tinha morrido. Segundo familiares, Caíque era uma criança querida e admirada na comunidade.

TRAGÉDIA EM CASA

A tragédia aconteceu na casa da família. De acordo com informações da repórter da TV Gazeta Daniela Carla, na parte da frente do imóvel está a serralheria do pai. Atrás está localizada a casa da família e, em cima dela, foi construída uma outra residência.

Para ter acesso ao segundo andar, o pai havia instalado uma escada de ferro. Mas, há cerca de dois meses, informaram parentes da família, o pai decidiu fazer uma reforma e substituiu a escada por uma de alvenaria. Foi essa estrutura que desabou na noite desta sexta-feira (24).

O trabalho de resgate dos bombeiros durou quase uma hora. Segundo os vizinhos, o pai pediu socorro e tentou acalmar a esposa durante o resgate. Foi preciso fazer uma abertura no muro de um vizinho. Antes de os bombeiros chegarem, vizinhos tentaram levantar a escada, mas não conseguiram. Parentes informaram ainda que equipes da corporação retornariam ao local para realizar uma perícia.

O serralheiro foi levado para o Hospital de Urgência e Emergência em estado grave. O corpo da criança foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.

A Defesa Civil da  Serra esteve no local do desabamento e constatou que a escada foi construída de maneira irregular. A Prefeitura da Serra, por nota, informou que lamenta o ocorrido e que está dando apoio a família.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Serra serra Desabamento

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.