ASSINE

Covid-19: dados de infectados que viajaram para o ES serão rastreados

Estado fará ainda uma barreira sanitária para rastrear a população e identificar pessoas que possam ter contraído a Covid-19 a partir do contato com os turistas contaminados

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 12/02/2021 às 15h04
O secretário de Estado da Saúde Nésio Fernandes (à esquerda) e o subsecretário Luiz Carlos Reblin
A Sesa vai rastrear turistas infectados por novas cepas da Covid-19 que vieram ao Espírito Santo. Crédito: Divulgação | Sesa

Por conta da proliferação das novas cepas do coronavírus ao redor do Brasil, a Secretaria do Estado de Saúde (Sesa) vai fazer um monitoramento das pessoas que foram infectadas pela Covid-19 e que viajaram para o Espírito Santo. A pasta espera que, até o final do mês, seja possível identificar esses passageiros e orientar as pessoas que tiveram contato com estes turistas.

Segundo o secretário de Saúde do Espírito Santo, Nésio Fernandes, foi realizada uma reunião com as companhias de transportes aéreo e terrestre, que concordaram em colaborar para o rastreamento dessas pessoas infectadas. Nésio acredita que, a partir de março, será possível ter mais detalhes destes dados.

"Tivemos uma reunião com todas empresas de transporte terrestre e aérea e todas concordaram em colaborar para construir uma aplicação capaz de cruzar todos os pacientes que testarem positivo com pessoas que viajaram ao Estado do Espírito Santo. Até o final do mês, teremos essa integração madura para a partir de março cruzar essas informações para orientar pessoas que viajaram com quem estava contaminado", disse.

O secretário ainda ressaltou que o Estado fará uma barreira sanitária inteligente para rastrear a população e identificar pessoas que possam ter contraído a Covid-19 a partir do contato com os turistas contaminados. Nésio ainda fez um pedido para que as pessoas evitem viajar para outros estados e até mesmo dentro do Espírito Santo, por conta da circulação das novas cepas da doença.

"O Espírito Santo se prepara para realizar uma barreira sanitária inteligente, qualificada, para rastrear a população. Evitem viajar para outros Estados. Evitem viajar dentro do Espírito Santo. Procurem ficar em casa porque temos novas cepas da doença circulando com uma capacidade de infecção incrementada", destacou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo SESA Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 espírito santo Pandemia Mutação do Coronavírus

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.