ASSINE

Alunos farão avaliação para identificar conteúdos que precisam de reforço

Estudantes  poderão fazer os testes pela internet.  Objetivo é identificar matérias que foram comprometidas por causa da pandemia

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 01/03/2021 às 14h13
Alunos da Escola Major Alfredo Rabaioli, no bairro Mário Cypreste, com distanciamento entre eles na sala de aula
Alunos em sala de aula: pandemia da Covid-19 alterou dinâmica do ensino. Crédito: Carlos Alberto Silva

Os alunos da rede estadual de ensino estão sendo submetidos a avaliações de conteúdo para que a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) possa identificar o nível de aprendizagem alcançado em 2020, após a chegada do novo coronavírus e interrupção das aulas presenciais no Espírito Santo.

Os resultados vão nortear as equipes pedagógicas e indicar os conteúdos que precisam de reforço. A Avaliação Diagnóstica 2021 começou a ser aplicada, por ano/série, nesta segunda-feira (1) e seguirá até o dia 14 de março, nos meios impresso e digital.

O formato impresso será realizado para todos os alunos das séries iniciais (3º ao 5º ano) do ensino fundamental. Já a avaliação digital será aplicada aos estudantes do 6º ano do ensino fundamental à 3ª série do ensino médio regular que tenham acesso à internet, em casa ou na escola.

O estudante poderá ter acesso às avaliações por meio da plataforma Google Sala de Aula ou pelo aplicativo Escolar. O link da avaliação estará disponível na sala de aula do estudante. Os anúncios foram feitos nesta segunda-feira (1) pelo secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, durante uma transmissão ao vivo pelas redes sociais da Sedu.

Ele explicou que até o início do ano passado, o governo e a comunidade escolar contavam com um ambiente estrutural das escolas basicamente conhecido. Com a pandemia, foi necessária a tomada de atitudes de imediato.

Segundo Vitor, em primeiro lugar, foi feita a estruturação das condições de ensino para que o estudante pudesse aprender de forma remota com a implementação do programa Escolar e outras políticas educacionais.

“A ideia é que neste primeiro trimestre possamos fazer a avaliação dos alunos que estão matriculados e frequentando as aulas. Com esse resultado, a gente espera fazer as intervenções pedagógicas para o segundo e terceiro trimestre. Fazemos um apelo para que todos façam essa avaliação. É muito importante que os estudantes se engajem nesse processo, assim como professores, pedagogos e todos das equipes escolares”, explicou o secretário Vitor.

A subsecretária de Avaliação e Planejamento da Sedu, Isaura Nobre, reiterou a importância no processo educativo. “Buscamos mediar a aprendizagem escolar com a Avaliação Diagnóstica e identificar as deficiências ao longo de 2020, pensando na radiografia para que possamos traçar políticas mais efetivas dessas aprendizagens defasadas”, disse Isaura.

De acordo com a Sedu, a avaliação permite que os estudantes reconheçam a progressão na aprendizagem e identifiquem suas necessidades. Ao mesmo tempo, auxilia os professores na tomada na escolha de práticas pedagógicas, na busca de outras formas de planejamento, conteúdos, estratégias e maneiras de abordar os contextos.

Além disso, a Avaliação Diagnóstica possibilita realizar o levantamento da situação do aluno em relação às aprendizagens adquiridas e ao currículo proposto, identificando as possíveis defasagens no aprendizado, e, a partir dessas análises, ter uma melhor compreensão da turma em relação às habilidades e pré-requisitos necessários à continuidade do processo educativo.

O trabalho foi elaborado pela Sedu, em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF), com base no Currículo do Espírito Santo (educação infantil e ensino fundamental) de 2018 e no Currículo Básico Escola Estadual (Ensino Médio) de 2009.

CONFIRA O CRONOGRAMA DAS AVALIAÇÕES

  • Ensino fundamental - anos iniciais (3º ao 5º ano)
  • 01/03 a 14/03: língua portuguesa e matemática

  • Ensino fundamental - anos finais (6º ao 9º ano)
  • 01/03 a 07/03: língua portuguesa, ciências e geografia
  • 08/03 a 14/03: matemática, história e inglês

  • Ensino médio regular (1ª à 3ª série)
  • 01/03 a 07/03 : língua portuguesa, física e geografia, filosofia e sociologia (somente para 2ª e 3ª série)
  • 08/03 a 14/03 : matemática, biologia, química, história e inglês

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.