ASSINE

Que tal um café da manhã nas montanhas? Confira 3 dicas

De plantação de morangos a fazenda orgânica, os programas matinais indicados pelo Divirta-se vão além dos comes e bebes

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 21/05/2021 às 17h28
Café da manhã da pousada Vale dos Pássaros, em Santa Teresa
Café da manhã da pousada Vale dos Pássaros, em Santa Teresa. Crédito: Rodrigo Borçato

É só chegar a temporada fria que os capixabas logo voltam suas atenções para a Região Serrana, onde o roteiro gastronômico encanta não só pelos sabores, mas pelo charme dos estabelecimentos e pelo contato com a natureza.  

Após antecipar novidades nos restaurantes de Pedra Azul, o Divirta-se traz dicas para quem quer aproveitar um dia inteiro de delícias nas montanhas, começando pelo café da manhã. No entorno do Lagarto, em Domingos Martins, e em Santa Teresa, selecionamos três programas matinais que vão além dos comes e bebes. Confira!

NA ROTA DOS MORANGOS

No quilômetro quatro da Rota do Carmo, em Pedra Azul, a parada para o café é na Vila da Ormy. O espaço é dedicado ao cultivo de morangos, com agricultura familiar, e à produção de geleias, conservas, doce de leite e até cachaça. Lá, os visitantes podem, além de fazer a colheita da fruta, saborear diversos comes e bebes no bar e cafeteria, inaugurado recentemente.

Sugestões para o café da manhã na Vila da Ormy, em Pedra Azul
Sugestões para o café na Vila da Ormy, onde os visitantes podem colher morangos. Crédito: Vila da Ormy/Divulgação

Além da famosa torta de morango da região, o cardápio tem como opção bolo, pão de queijo, omelete, cappuccino, espresso, chocolate quente, mocaccino e café filtrado (método Hario V60). O serviço é à la carte, a partir das 9h, de quarta a segunda. Mais informações: (27) 99916-0804 e @vila_da_ormy

Vila da Ormy

Torta de morango da Vila da Ormy, em Pedra Azul
Torta de morango . Vila da Ormy/Divulgação
Café e bar da Vila da Ormy, em Pedra Azul
Espaço do bar e cafeteria. Vila da Ormy/Instagram
Espaço do bar e cafeteria
Espaço do bar e cafeteria

MIMOS À BEIRA DO LAGO 

Em Santa Teresa, um atrativo da pousada Vale dos Pássaros é o café da manhã, aberto ao público com reserva antecipada. Servido aos sábados e domingos, das 8h ao meio-dia, o desjejum inclui uma mesa completa de queijos, geleias, pães, bolos e biscoitos de produção própria, além de iogurtes, cafés, chás e sucos. Mas não acaba aí.    

Rabanada com frutas vermelhas servida no café da manhã da pousada Vale dos Pássaros, em Santa Teresa
Um dos mimos da Vale dos Pássaros é a rabanada com natas e geleia de mirtilo . Crédito: Rodrigo Borçato

Durante a refeição, é servida na mesa uma sequência de cinco mimos. Estão na lista, que pode variar, rabanada com natas e geleia de mirtilo, bruschettas de tomate e de salmão, pães de queijo recheados (de lombinho com grana padano e de copa lombo, cebola caramelizada e brotos), frutas frescas com coalhada e mel e pão com ovo e trufas.   

O valor por pessoa é R$ 72 e as reservas devem ser feitas com 48 horas de antecedência pelos telefones (27) 99311-0585 ou 99311-4422. Na pousada, não é permitida a presença de menores de 14 anos e de animais de estimação. Mais informações: @valedospassarospousada.  

Vale dos Pássaros

Café da manhã servido na pousada Vale dos Pássaros, em Santa Teresa
Café da manhã com vista para o lago da pousada. Vale dos Pássaros/Instagram
Müsli servido no café da manhã da pousada Vale dos Pássaros, em Santa Teresa
Frutas frescas com coalhada, mel e müsli . Rodrigo Borçato
Café da manhã da pousada Vale dos Pássaros, em Santa Teresa
Pães de queijo recheados e pão com ovo e trufas. Rodrigo Borçato
Pães de queijo recheados e pão com ovo e trufas
Pães de queijo recheados e pão com ovo e trufas
Pães de queijo recheados e pão com ovo e trufas

CAFÉ ORGÂNICO NA FAZENDA

À beira de uma lagoa e cercada de verde, a cafeteria da Fazenda Camocim abre de sexta a domingo e nos feriados, das 9h30 às 17h. No espaço, batizado de Casa Camocim, o cardápio de comidas inclui cheesecake de frutas vermelhas, bolos caseiros, pão de queijo, torrada com queijo e ovo de gema mole, croissants e quiches.   

Café servido na Casa Camocim, em Pedra Azul
Cheesecake e café Jacu Bird servidos na cafeteria da Fazenda Camocim. Crédito: Casa Camocim/Divulgação

Mas a estrela é o café orgânico e biodinâmico da fazenda (a partir de R$ 15 a xícara), que produz, entre outras variedades, o raro e especialíssimo Jacu Bird Coffee - seus grãos são selecionados no pé por uma ave nativa da Mata Atlântica, o jacu. A casa conta com dois baristas, que preparam desde espressos até filtrados pelos métodos Hario V60, prensa francesa e aeropress. 

Além de tomar café, o visitante pode agendar uma visita guiada pela propriedade para conhecer a produção da fazenda desde o cultivo até a torra dos grãos e o resultado final, na xícara. Mais informações: @casacamocim.  

Casa Camocim

Café servido na Casa Camocim, em Pedra Azul
Pães de queijo . Casa Camocim/Divulgação
Café servido na Casa Camocim, em Pedra Azul
Bolo de cenoura com chocolate. Casa Camocim/Divulgação
Café servido na Casa Camocim, em Pedra Azul
Café filtrado . Casa Camocim/Divulgação
Café servido na Casa Camocim, em Pedra Azul
Cappuccino e croissant. Casa Camocim/Divulgação
Cappuccino e croissant
Cappuccino e croissant
Cappuccino e croissant
Cappuccino e croissant

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.