ASSINE

Pedro Andrade vai para a CNN Brasil após deixar o Manhattan Connection

O apresentador terá programa sobre estilo de vida e cultura no canal

Publicado em 29/06/2021 às 14h56
Atualizado em 29/06/2021 às 14h56
O jornalista Pedro Andrade na CNN
O jornalista Pedro Andrade na CNN. Crédito: Kelly Queiroz/CNN

A CNN Brasil anunciou na segunda-feira (28) a contratação de Pedro Andrade, 42. O jornalista e escritor era conhecido por ser um dos participantes do Manhattan Connection (TV Cultura), tendo deixado a atração em maio.

Na nova casa, Andrade vai comandar um programa sobre estilo de vida e cultura com estreia prevista para o segundo semestre. O canal jornalístico informa que a primeira temporada será gravada nos Estados Unidos e que já planeja novas levas de episódios para 2022.

"O programa é uma atração leve que usa temas atuais como fio condutor", contou o jornalista em comunicado. "Queremos sempre mostrar conteúdo relevante por um ângulo jovem, dinâmico, otimista e sofisticado."

"Não há empresa melhor do que a CNN para realizar este projeto", avalia. "Uma marca com a qual me identifico e que vai permitir conexão com o público que me acompanha ao longo de minha carreira."

Este vídeo pode te interessar

Antes de ir para a TV Cultura neste ano, o Manhattan Connection passou pelos canais GNT (1993-2011) e GloboNews (2011-2020). Andrade estava no programa desde 2009. Ele também apresentou o programa de viagens Pedro Pelo Mundo, no GNT.

O jornalista deixou a atração após a saída de Diogo Mainardi, anunciada no dia 4 de maio. Andrade ainda participou da edição do dia 5. No mesmo dia, no entanto, o site O Antagonista (do qual Mainardi é sócio) afirmou que ele também se desligaria como um ato de solidariedade ao colega.

Mainardi disse ter sido pressionado a se retirar do Manhattan Connection após xingar no ar o advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay. "Para preservar o programa, resolvi pedir demissão, que foi aceita de bom grado pela diretoria da emissora", explicou na ocasião.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.