ASSINE

Dona de clínica onde Sérgio Hondjakoff, o 'Cabeção', estava internado é presa

Segundo o Ministério Público, ela foi denunciada pelo sequestro e cárcere privado do ex-ator de "Malhação" e outras 42 pessoas

Publicado em 19/08/2021 às 10h20
Sergio Hondjakoff desmente internação
Sergio Hondjakoff em vídeo desmentindo internação. Mais tarde, o ator pediu desculpas e disse que gravou o vídeo para proteger o filho. Crédito: Instagram/@sergiohondjakoff

A internação do ator Sérgio Honjakoff ganha mais um capítulo. A dona da clínica de reabilitação onde o ator estava internado foi presa nesta terça-feira (17), no interior de São Paulo. A clínica fica em Pindamonhangaba (SP) e está fechada. Além dela, outros dois funcionários detidos no dia da ação permanecem presos, segundo o G1.

De acordo com a publicação, Danielle do Amaral Calino, proprietária da clínica Resulta, foi denunciada pelo Ministério Público pelo sequestro do ator e de outras 42 pessoas. Ela foi encaminhada à Penitenciária Feminina II de Tremembé (SP), mas tenta reverter a prisão para domiciliar alegando ser mãe e estar amamentando.

O espaço foi alvo de uma ação do órgão, no dia 5 de agosto, após uma série de denúncias de maus tratos. Na Resulta - que se identificava como clínica de reabilitação -, foram encontrados o ator Sérgio Hondjakoff, que interpretou o personagem Cabeção em "Malhação, entre 2000 e 2006, e outras 42 pessoas em situação de cárcere privado.

De acordo com as denúncias, os internos eram mantidos no local contra sua vontade, sem poder fazer contato com as famílias, que pagavam entre R$ 800 e R$ 1,2 mil pela internação. Segundo a polícia, os pacientes recebiam principalmente salsicha e hambúrguer como alimentação.

ATOR DESMENTIU QUE NÃO ESTAVA NA CLÍNICA

Vale lembrar que o ator negou que tivesse sido resgatado, mas depois gravou um áudio aos fãs e admitiu a história. "É com muita vergonha que eu venho através desse áudio pedir desculpas às pessoas que gostam de mim e as que não gostam, enfim, as pessoas em geral. Quero pedir desculpas por ter gravado um vídeo ontem mentindo sobre a minha internação", começou o ator.

"Fui internado porque foi preciso e menti para preservar minha família e, principalmente, o meu filho que só tem um aninho de idade", completou.

Segundo o depoimento do ator, que o G1 teve acesso, Sérgio disse que estava na clínica desde abril e que não foi alvo de agressões. Porém, o ator tinha a saída do quarto restrita e presenciou outros internos sendo ameaçados na clínica. O ator foi encaminhado para casa de parentes em Resende, no Rio.

*Com informações do G1 Vale do Paraíba e Região

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.