ASSINE

Angelina Jolie estreia no Instagram com carta de garota afegã

Em menos de 24 horas, a atriz de Hollywood já conquistou mais de 5 milhões de seguidores

Publicado em 21/08/2021 às 13h38
Filme
Angelina Jolie no filme "Aqueles que me desejam a morte". Crédito: Warner/Divulgação

Angelina Jolie, 46, fez sua estreia no Instagram. A atriz criou uma conta na rede social na sexta-feira (20) e, na primeira publicação, reproduziu a carta de uma adolescente afegã falando sobre a crise no país com a volta do Talibã.

Em menos de 24 horas, a atriz de Hollywood já conquistou mais de 5 milhões de seguidores. Por enquanto, ela segue apenas 3 contas, todas institucionais (a da Acnur, agência da ONU para refugiados e as das organizações Médicos Sem Fronteiras e Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor).

Jolie contou que decidiu abrir a conta para "compartilhar suas histórias e as vozes daqueles em todo o mundo que estão lutando por seus direitos humanos básicos". Sobre a primeira publicação, ela afirmou que publicou a carta porque o povo do Afeganistão "está perdendo sua capacidade de se comunicar nas redes sociais e de se expressar livremente".

A atriz lembrou que, há 20 anos, estava no Afeganistão duas semanas antes do 11 de setembro, quando conheceu refugiados que fugiam do Talibã. "É revoltante ver os afegãos sendo deslocados mais uma vez por causa do medo e da incerteza que tomou conta de seu país", lamentou.

"Gastar tanto tempo e dinheiro, ter sangue derramado e vidas perdidas apenas para chegar a isso, é uma falha quase impossível de entender", avaliou. "Observar por décadas como refugiados afegãos -algumas das pessoas mais capazes do mundo- são tratados como um fardo também é repugnante. Sabendo que, se tivessem as ferramentas e o respeito, o quanto fariam por si mesmos."

"E conhecer tantas mulheres e meninas que não só queriam uma educação, mas lutavam por ela", continuou. "Como outros que estão comprometidos, não vou me afastar. Continuarei procurando maneiras de ajudar. E espero que você se junte a mim."

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.